Música

Anna Ratto veste-se de si mesma para interpretar cancioneiro de Arnaldo Antunes

"Contato Imediato - Anna Ratto visita Arnaldo Antunes", lançado pela Biscoito Fino, traz a cantora e compositora carioca em seu melhor trabalho como intérprete

Anna Ratto, cantora e compositoraAnna Ratto, cantora e compositora - Foto: Elisa Mendes

Dia desses Anna Ratto ouviu que o seu recém-lançado “Contato Imediato – Anna Ratto visita Arnaldo Antunes” (Biscoito Fino) foi o álbum mais autoral da sua vida. “Já valeu, né?”, respondeu. Se o intuito era dar voz a um dos grandes do cancioneiro nacional e, ao mesmo tempo, fincar sua veia de intérprete, já valeu mesmo.

Porque é exatamente essa mescla que permeia as dez faixas do disco, manifesto pela clareza na autoria das letras e, ao mesmo tempo, pelo cadência e fluidez de um canto sentido que a artista carioca imprime a letras do ex-Titãs, artista visual, escritor, cantor e compositor paulista.

 



“Qual é o maior desejo do intérprete senão deixar sua marca e se apropriar daquilo que canta? Te asseguro que eu estava, de verdade, muito conectada com cada uma daquelas canções. Botei minha alma ali”, justifica, em conversa com a Folha de Pernambuco. 

Escreva a legenda aqui

Cinco discos depois, sendo o primeiro deles “Do Zero” ainda nos idos anos de 2006, quando assinava Anna Luísa, o debruçar-se na obra de Arnaldo Antunes veio a partir de sua condição, primeira, de fã. “Não nos conhecemos pessoalmente - ele em São Paulo e eu no Rio. Mas depois que começamos a nos falar sobre o disco, parece que já nos conhecíamos de tão próximo, acessível e generoso que ele foi e segue sendo. Nosso contato veio pelo convite que fiz a ele para participar de uma das faixas”, conta. 

A ponte RJ-SP foi feita por Liminha, produtor do disco e veterano em trabalhos diversos da MPB. “A primeira faixa que mandamos foi ‘Ela é Tarja Preta’. Ele respondeu contente e empolgado, dizendo que adorou e estava ‘feliz e grato pelo presente’”.

Eufórica, Anna complementa que logo Arnaldo topou o dueto, e a partir dali passou a mandar outras faixas. “Ele sempre muito disponível, mandava áudios descritivos, suas impressões. Ele é um dos artistas mais interessantes e autênticos da nossa música.”.

Garimpo das Faixas
Foi com um “caderninho debaixo do braço” que Anna Ratto chegou à primeira reunião com Liminha, munida de uma pré-seleção de composições de Antunes para o disco – produzido no final de 2020.

“Já vinha mergulhada na obra dele, ouvindo os discos, pesquisando, experimentando com o violão e com ideias de arranjos e tons, antes mesmo de saber quem produziria. Escolhi músicas que falavam para mim, que me traziam sentido. Tem amor, dor de amor, deboche de vingança, tem a moça tarja preta, o reggae alto astral, música para refletir e dançar. É um disco colorido e leve. Eu queria isso e espero ter conseguido”, detalha a artista que confessa predileção pelo seu papel como intérprete.



“Talvez também por ser compositora de canções mais doces, lúdicas, suaves. E como não sou só isso, suave, o que costumo escolher de outros compositores é complementar ao que eu faço. E aí vem a minha porção menos comportada, e me jogo no recado alheio que também é meu. Cantar só o que eu mesma escrevo nunca vai me bastar”. 

“Contato Imediato” exalta a pluralidade autoral/musical de Arnaldo e esboça uma Anna Ratto dona de si, seja na delicadeza de faixas como “A Casa é Sua” ou na animada “Ela é Tarja Preta”, ou mesmo no minimalismo que paira em “Kaira”.

Depois de trabalhos autorais e um interessante “Tantas” (2018), disco de releituras que marcou sua estreia pela Biscoito Fino, a artista carioca engata no viés de intérprete e vai além do mero ato de reproduzir composições alheias. “Sempre passei por muitos ritmos e assuntos. Cada álbum reflete o que estou vivendo e o que quero transmitir, adoro ousar, testar sonoridades. Ainda há de caber muita coisa no meu baú musical”, finaliza.

Veja também

Anitta dá beijão em 'crush' durante Domingão com Huck
TELEVISÃO

Anitta dá beijão em 'crush' durante Domingão com Huck

Françoise Forton guardou segredo sobre câncer por dez anos, mas quebrou silêncio para fazer alertaATRIZ

Françoise Forton guardou segredo sobre câncer por dez anos, mas quebrou silêncio para fazer alerta