Após hiato de 20 anos, Casseta & Planeta volta aos palcos

Claudio Manoel, Beto Silva, Helio de La Peña, Hubert e Marcelo Madureira trazem ao Recife o espetáculo 'Casseta & Planeta - Tour 30 anxs'

Casseta & Planeta Casseta & Planeta  - Foto: Nando Chagas/Divulgação

Quem acompanhou a programação televisiva brasileira entre os anos 1990 e 2000 deve ter dado algumas risadas vendo os comerciais das Organizações Tabajara ou as paródias musicais do trio Sambabaca. Essas e outras criações do Casseta & Planeta marcaram época e permanecem na memória do público até os dias de hoje. Para relembrar o sucesso do programa de TV e de outros trabalhos, o grupo humorístico está de volta no teatro. Em turnê por nove cidades, o espetáculo "Casseta & Planeta - Tour 30 anxs" chega ao Recife para uma sessão no Teatro RioMar, neste domingo, às 20h.

Os fãs mais saudosistas terão a oportunidade de reviver momentos importantes da história do grupo, que surgiu da fusão dos tabloides de humor Casseta Popular e O Planeta Diário. Foi com um show, em 1984, que eles se juntaram pela primeira vez, mas há 20 anos os encontros não se repetiam nos palcos. O novo espetáculo nasceu após os humoristas decidirem retomar a equipe com um canal no YouTube, no ano passado. "Os nossos empresários vieram com essa ideia e nós compramos muito rápido. Há muito tempo a gente desejava voltar com os shows", afirma Beto Silva, um dos remanescentes do elenco original.

Leia também:
Show de Roberto Carlos em 3D chega aos cinemas em dezembro
Espetáculo 'Aldeias' aborda o universo ritualístico afro-brasileiro


Além de Beto, também participam da turnê Claudio Manoel, Helio de La Peña, Hubert e Marcelo Madureira. Os ex-integrantes Maria Paula e Reinaldo Figueiredo são homenageados durante a apresentação, assim como o saudoso Bussunda, que morreu em 2006, na Alemanha, enquanto cobria a Copa do Mundo. "A gente fala da nossa história e, obviamente, dos personagens que ficaram mais marcantes, como o Seu Creysson e o Carlos Maçaranduba, por exemplo", conta.

Algumas novidades também estão presentes na encenação. Os cinco "cassetas" restantes criaram músicas, piadas e paródias inéditas, e atualizaram canções antigas. O "Rap do vagabundo", por exemplo, virou "Rap do youtuber" nesta nova versão. "Os tempos mudam e o humor vai se adaptando. A gente sempre gostou de trabalhar com a atualidade e com a internet isso está cada vez mais forte", afirma.

Veja também

Belutti diz ser desengonçado antes de estreia no Dança dos Famosos
Televisão

Belutti diz ser desengonçado antes de estreia no Dança dos Famosos

Compadre de Jojo Todynho é assassinado no Rio de Janeiro
Violência

Compadre de Jojo Todynho é assassinado no Rio de Janeiro