Após hiato de 20 anos, Casseta & Planeta volta aos palcos

Claudio Manoel, Beto Silva, Helio de La Peña, Hubert e Marcelo Madureira trazem ao Recife o espetáculo 'Casseta & Planeta - Tour 30 anxs'

Casseta & Planeta Casseta & Planeta  - Foto: Nando Chagas/Divulgação

Quem acompanhou a programação televisiva brasileira entre os anos 1990 e 2000 deve ter dado algumas risadas vendo os comerciais das Organizações Tabajara ou as paródias musicais do trio Sambabaca. Essas e outras criações do Casseta & Planeta marcaram época e permanecem na memória do público até os dias de hoje. Para relembrar o sucesso do programa de TV e de outros trabalhos, o grupo humorístico está de volta no teatro. Em turnê por nove cidades, o espetáculo "Casseta & Planeta - Tour 30 anxs" chega ao Recife para uma sessão no Teatro RioMar, neste domingo, às 20h.

Os fãs mais saudosistas terão a oportunidade de reviver momentos importantes da história do grupo, que surgiu da fusão dos tabloides de humor Casseta Popular e O Planeta Diário. Foi com um show, em 1984, que eles se juntaram pela primeira vez, mas há 20 anos os encontros não se repetiam nos palcos. O novo espetáculo nasceu após os humoristas decidirem retomar a equipe com um canal no YouTube, no ano passado. "Os nossos empresários vieram com essa ideia e nós compramos muito rápido. Há muito tempo a gente desejava voltar com os shows", afirma Beto Silva, um dos remanescentes do elenco original.

Leia também:
Show de Roberto Carlos em 3D chega aos cinemas em dezembro
Espetáculo 'Aldeias' aborda o universo ritualístico afro-brasileiro


Além de Beto, também participam da turnê Claudio Manoel, Helio de La Peña, Hubert e Marcelo Madureira. Os ex-integrantes Maria Paula e Reinaldo Figueiredo são homenageados durante a apresentação, assim como o saudoso Bussunda, que morreu em 2006, na Alemanha, enquanto cobria a Copa do Mundo. "A gente fala da nossa história e, obviamente, dos personagens que ficaram mais marcantes, como o Seu Creysson e o Carlos Maçaranduba, por exemplo", conta.

Algumas novidades também estão presentes na encenação. Os cinco "cassetas" restantes criaram músicas, piadas e paródias inéditas, e atualizaram canções antigas. O "Rap do vagabundo", por exemplo, virou "Rap do youtuber" nesta nova versão. "Os tempos mudam e o humor vai se adaptando. A gente sempre gostou de trabalhar com a atualidade e com a internet isso está cada vez mais forte", afirma.

Veja também

Chateado com a escolha de Caio, Projota questiona: 'Não era para esse cara dar o Anjo para mim?'
BBB 21

Chateado com a escolha de Caio, Projota questiona: 'Não era para esse cara dar o Anjo para mim?'

Príncipe Harry temia que a história de sua mãe se "repetisse"
Família Real

Príncipe Harry temia que a história de sua mãe se "repetisse"