A-A+

Ariana Grande aponta que toque de pastor em seu seio foi acidental, afirma polícia de Detroit

Segundo o jornal Detroit Free Press, a polícia local procurou pela cantora após receber telefonemas e mensagens apontando "contato inapropriado" do pastor.

Polêmica entre pastor e Ariana GrandePolêmica entre pastor e Ariana Grande - Foto: Reprodução

Ariana Grande, de 25 anos, decidiu não prestar queixa contra o pastor que teria tocado seu seio durante uma cerimônia de homenagem à Aretha Franklin, no final de agosto. Segundo a polícia de Chicago, ela disse ao jornal Detroit Free Press que o representante da cantora afirmou que ela viu o episódio como um acidente.

Ariana foi uma das artistas convidadas a cantar no funeral da rainha do soul no Greater Grace Temple, em Detroit, nos Estados Unidos, e cantou a música "A Natural Woman". A polêmica, no entanto, começou depois da apresentação, pela forma como o pastor Charles H. Ellis falou e abraçou a cantora.

"Quando eu vi Ariana Grande no programa, achei que era algo novo no Taco Bell", disse ele, em referência à rede de comida mexicana. Enquanto falava com a cantora, ele ainda manteve uma das mãos ao redor dela, trocando a lateral de seu seio com os dedos. Os fãs chegaram a falar em assédio nas redes sociais.

Leia também
Pastor pede desculpas por ter tocado seios de Ariana Grande em funeral
Ariana Grande é nomeada cidadã honorária de Manchester


Segundo o jornal Detroit Free Press, a polícia local procurou pela cantora após receber telefonemas e mensagens apontando "contato inapropriado" do pastor. "Nós procurados representantes dela, que disseram que ela entendeu aquilo como acidente e estava pronta para deixar pra trás", afirmou o capitão Jevon Johnson.

Após a repercussão nas redes sociais, o pastor Ellis se desculpou em entrevista à Associated Press: "Nunca foi minha intenção tocar o seio de qualquer mulher. Não sei, acho que coloquei meu braço em volta dela", disse. "Talvez tenha cruzado a fronteira, talvez eu fosse muito amigável ou familiar, mas, novamente, peço desculpas."

Fãs de Ariana Grande também chegaram a questionar a postura do ex-presidente americano Bill Clinton na cerimônia, que teria olhado de forma "inapropriada" para ela. "O pior é que esse de cabelo grisalho é o Bill Clinton, ex-presidente dos EUA", disse um post. "Entra ano, sai ano e Bill Clinton continua o mesmo nojento", afirmou outro.

Veja também

Exposição 'Tempo para Iroko' entra em cartaz na Fundaj de Casa Forte
Artes Visuais

Exposição 'Tempo para Iroko' entra em cartaz na Fundaj de Casa Forte

Felipe Bronze diz que Top Chef terá conflitos e prova mais difícil já feita
Reality

Felipe Bronze diz que Top Chef terá conflitos e prova mais difícil já feita