Luto

Morre a poeta Terêza Tenório, musa da Geração 65

Escritora pernambucana faleceu neste domingo, aos 70 anos, vítima de uma parada cardíaca

Terêza Tenório integrou a Geração 65Terêza Tenório integrou a Geração 65 - Foto: Reprodução/Internet

Morreu neste domingo (7), aos 70 anos, a poeta recifense Terêza Tenório, vítima de uma parada cardíaca. A escritora integrou a chamada Geração 65, grupo literário pernambucano da década de 1960, que tinha entre seus representantes nomes como Alberto da Cunha Melo, Marcus Accioly, Raimundo Carrero e Lucila Nogueira.

Ao longo de sua trajetória poética, Terêza recebeu diversos prêmios concedidos por instituições como Associação Paulista de Críticos de Arte, União Brasileira de Escritores e Fundação de Cultura Cidade do Recife. Com títulos publicados por diferentes editoras, ela teve parte de sua obra reunida na antologia “Poesia reunida: Terêza Tenório”, lançada pela Cepe em 2018. 

Considerada a musa da Geração 65, Tereza cursou direito e belas artes. Chegou a exercer a profissão de advogada, integrando movimentos contra a violência. Além da literatura, ela também expressou sua energia criativa em outras áreas, como a pintura e a escultura. Entre os livros de poesia que publicou estão “Poemaceso”, “Mandala” e “Fábula do abismo”.

Veja também

32º Cine Ceará abre inscrições para edição totalmente presencial
Mostras competitivas

32º Cine Ceará abre inscrições para edição totalmente presencial

Museu do Mamulengo de Olinda realiza programação gratuita no Mercado Eufrásio Barbosa
DIVERSÃO

Museu do Mamulengo de Olinda realiza programação gratuita no Mercado Eufrásio Barbosa