Experimento híbrido

Artistas unem literatura e artes visuais em obra sobre o Recife e a pandemia

"Para um amor no Recife – Para caber numa narrativa" mistura textos, fotografias, animações e filmagens

"Para um amor no Recife – Para caber numa narrativa""Para um amor no Recife – Para caber numa narrativa" - Foto: Ricardo Maciel/Divulgação

Definido por seus criadores como um experimento híbrido, “Para um amor no Recife – Para caber numa narrativa” une as produções literárias dos escritores Cleyton Cabral e Paulo André Viana. Criado em conjunto com o filmmaker Ricardo Maciel, o vídeo de cerca de 20 minutos mergulha nas inquietações dos artistas em meio à pandemia. 

Produzida por meio da Lei Aldir Blanc, a obra poderá ser vista nesta quinta-feira (8) e na sexta-feira (9), às 20h, com bate-papo após as exibições, pela plataforma Zoom. Para participar, é preciso se inscrever preenchendo um formulário. Após o lançamento, o trabalho ficará disponível para visualizações no YouTube. 

“O Recife não está só no título, que homenageia a música do Paulinho da Viola. Paramos para pensar na cidade e ela é de fato a grande personagem do trabalho”, comenta Cleyton. Em pleno sábado de carnaval, seguindo os protocolos sanitários vigentes, os artistas passearam pelas ruas que fazem parte do trajeto do Galo da Madrugada e que desta vez não estavam tomadas pelos foliões. 

O registro da visita, assim como o relato criado a partir dela, integram a narrativa que abre o vídeo. Outras filmagens, fotografias e animações integram o material visual do projeto, além de diários, contos, crônicas e poemas. 

Os textos, que surgem declamados por seus autores ou transcritos na tela, são recortes de uma produção literária que não cessou com o isolamento social. Sentimentos como solidão e angústia, além de indignação política,  

“Como escritores, somos movidos pelas histórias que a gente vê e vive na rua diariamente. Ficamos impedidos de observar a cidade e as pessoas, mas continuamos criando. Mesmo com tantas dores, tentamos tirar um pouco de poesia disso tudo”, aponta Cleyton. 

Veja também

Jerry Seinfeld repassa em livro sua trajetória no humor, piada por piada
Humor

Jerry Seinfeld repassa em livro sua trajetória no humor, piada por piada

Família vê timidez de Thaís como estratégia de jogo
BBB 21

Família vê timidez de Thaís como estratégia de jogo