“Até o Último Homem” conta história real da Segunda Guerra

Filme também disputa o Oscar de melhor montagem, melhor edição e melhor mixagem de som

Andrew Garfield interpreta o jovem Desmont T. Doss no filme dirigido por Mel GibsonAndrew Garfield interpreta o jovem Desmont T. Doss no filme dirigido por Mel Gibson - Foto: Diamond films/Divulgação

 

Indicado ao Oscar de 2017 em seis categorias, entre elas a de melhor filme e a de melhor diretor, “Até o Último Homem” já está em cartaz. Dirigido por Mel Gibson, o longa conta a história real de Desmont T. Doss, um jovem que, apesar de ser contra qualquer tipo de violência, decide se alistar no Exército dos Estados Unidos, durante a Segunda Guerra Mundial.

Interpretado por Andrew Garfield (de “A Rede Social”, 2010), que concorre ao Oscar de melhor ator, Doss cresce em uma pacata cidade do interior norte-americano e tem uma relação conturbada com o pai, Tom Doss (Hugo Weaving), que é alcoólatra. Quando seu irmão, Hal (Nathaniel Buzolic), alista-se no Exército, Desmont entende que também deve defender sua nação e vai à guerra, contra a vontade do pai e da namorada, Dorothy (Teresa Palmer).

Já no Exército, ele passa a ser hostilizado pelos colegas por se recusar a pegar em armas. Fiel aos seus princípios, Doss repete que se alistou como médico para salvar vidas e não para matar. Considerado covarde, ele sofre todo tipo de humilhação. Porém, durante a Batalha de Okinawa, no Japão, o jovem se mostra um bravo soldado ao arriscar a própria vida para salvar 75 colegas.

 

Veja também

Renata Sorrah será a nova vilã da continuação de 'Verdades Secretas'
Streaming

Renata Sorrah será a nova vilã da continuação de 'Verdades Secretas'

Morre icônico jornalista dos EUA Larry King, de Covid-19
Coronavírus

Morre icônico jornalista dos EUA Larry King, de Covid-19