Ator, diretor e dramaturgo mineiro Carl Schumacher morre aos 53 anos

Carl foi encontrado morto na manhã deste domingo (23). Causa da morte ainda não foi esclarecida

Tribunal de Contas aprovou o parecer de Ranilson RamosTribunal de Contas aprovou o parecer de Ranilson Ramos - Foto: Divulgação

O ator, diretor e dramaturgo mineiro Carl Schumacher, 53, foi encontrado morto na manhã deste domingo (23), em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte.
A morte foi anunciada pelo ator e assistente de direção Alexandre Bandeira e confirmada pelo Instituto Médico Legal e Polícia Civil de Belo Horizonte. A causa ainda não foi esclarecida.

Segundo Bandeira, no sábado (22) Schumacher ensaiava a remontagem "Amor de Vampira" quando reclamou de mal estar.

"Ele falou que estava passando mal, que achava que era dengue, mas não quis ir para o hospital e foi para casa descansar".

A remontagem, em comemoração aos 30 anos da comédia musical, maior sucesso do dramaturgo, estrearia dia 14 de novembro, mas deve ser adiada.

Nascido em Belo Horizonte como Carlos Schumacher, o dramaturgo também ficou conhecido por seus papeis em novelas como "A Turma do Didi" e "A Favorita", da TV Globo, além de passagens pelo SBT e Band.

O ator deixa uma irmã. A família ainda não divulgou informações sobre velório e enterro.

Veja também

Ex de Dudu diz que teve caso com Gusttavo Lima quando era casado
famosos

Ex de Dudu diz que teve caso com Gusttavo Lima quando era casado

Programa do Ratinho volta a ter plateia de 30 pessoas testadas para Covid-19
televisão

Programa do Ratinho volta a ter plateia de 30 pessoas testadas para Covid-19