Atores de 'Game of Thrones' e 'Teen Wolf' isolam-se em mansão de Emilia Clarke

O cenário escolhido para a quarentena romântica seria uma mansão de Emilia Clarke

Richard Madden e Froy GutierrezRichard Madden e Froy Gutierrez - Foto: Reprodução/Divulgação

Daenerys Targaryen oferece sua humilde residência para Robb Stark passar uma quarentena romântica com o namorado. Poderia ser apenas uma fanfic de "Game of Thrones", mas a trama se deu na vida real -guardadas as devidas proporções.

De acordo com o The Sun, o ator escocês Richard Madden, 33, conhecido por dar vida ao filho mais velho de Catelyn e Ned Stark na série da HBO, teria escolhido se isolar com o americano Froy Gutierrez, 22, de "Teen Wolf".

O cenário escolhido para a quarentena romântica seria uma mansão de Emilia Clarke. Segundo disse uma fonte ao tabloide britânico, Madden voltou a Los Angeles logo depois do fim das filmagens de "Os Eternos", novo filme da Marvel.

Leia também:
Johnny Depp não deve protagonizar sexto filme da franquia 'Piratas do Caribe'
Novo filme de Woody Allen se torna a maior bilheteria global da pandemia


Pelo conforto de uma residência luxuosa de dois dormitórios em Los Angeles, a intérprete da Mãe dos Dragões está cobrando do colega de GoT um aluguel mensal de 20 mil libras -o equivalente a mais de R$ 130 mil. Emilia comprou o imóvel em 2016 por 3,8 milhões de libras (mais de R$ 25 milhões), mas o vem alugando desde que voltou a morar em Londres, há dois anos.

"Como ele já está gastando uma fortuna, ele quis alguém com quem aproveitar o imóvel. Ele e o Froy se deram super bem e ele está feliz de ter companhia durante o isolamento", disse a fonte. Madden foi fotografado com Gutierrez pela primeira vez em fevereiro. Antes disso, chegou a morar com Brandon Flynn, de "13 Reasons Why", ex-namorado do cantor Sam Smith.

Veja também

Morre Roberto Calasso, crítico literário italiano, aos 80 anos
Luto

Morre Roberto Calasso, crítico literário italiano, aos 80 anos

Mostra no Itaú Cultural reflete sobre corpos, gênero e sexualidade
Diversidade

Mostra no Itaú Cultural reflete sobre corpos, gênero e sexualidade