Celebridades

Atriz Lily James vira pivô de separações em Hollywood, diz site

Hammer era casado com a apresentadora e jornalista Elizabeth Chambers, com quem tem dois filhos

Lily James no papel de Mrs. De Winters em 'Rebecca - A mulher inesquecível'Lily James no papel de Mrs. De Winters em 'Rebecca - A mulher inesquecível' - Foto: Divulgação/Netflix

A atriz Lily James, 31, se vê envolvida em algumas polêmicas. Segundo o Daily Mail, a atriz teria sido pivô da separação do casamento de Armie Hammer, colega de elenco do filme "Rebecca - A Mulher Inesquecível" (2020). Há poucos dias já havia sido noticiado que ela tinha sido flagrada aos beijos com o ator Dominic West, casado e pai de cinco filhos.

Hammer era casado com a apresentadora e jornalista Elizabeth Chambers, com quem tem dois filhos. Ambos ficaram juntos por dez anos. Mas a imprensa britânica crava que Lily teria culpa nisso.

Fontes ligadas ao ator revelam que seu relacionamento com Chambers começou a despencar no final de 2019 quando ela teria achado no celular dele mensagens suspeitas de uma mulher que se chamava Adeline.

O jornal britânico, por sua vez, aponta que o nome Adeline era o mesmo usado por Lily nos bastidores do filme. Uma forma de despistar. A fonte afirma que nos bastidores o clima entre os atores era de flerte. No filme eles vivem o par romântico. Ela, à época, já tinha encerrado seu relacionamento com o ator Matt Smith.

"Ela nunca foi discreta. E ele também demonstrou interesse, sem dúvidas. Eles ficavam se tocando o tempo todo e trocando olhares. Aí as coisas finalmente estouraram quando a Elizabeth encontrou essas mensagens apaixonadas entre o Hammer e essa mulher que assinava como Adeline", disse a fonte.
Lily James, a protagonista de "Rebecca", declarou recentemente que o papel a impactou tanto que, mesmo depois de terminadas as filmagens, ela sofria pequenos ataques de pânico.

O filme, que estreou no Netflix na quarta-feira (21), é baseado em livro homônimo de Daphne du Maurier e já foi adaptado para o cinema em 1940 por Alfred Hitchcock. A britânica falou da experiência de fazer a nova adaptação em uma masterclass na 4ª edição do Festival de Macau.

"Foi muito difícil sair de uma personagem que é constantemente intimidada e psicologicamente manipulada, a ponto de questionar a própria sanidade mental. Mesmo depois de terminadas as filmagens, continuei a ter palpitações, a sofrer pequenos ataques de pânico. Não conseguia me livrar dos tormentos dela", disse Lily James.

Veja também

Bárbara Paz retrata em 'Babenco' o artista e o homem na intimidade
cinema

Bárbara Paz retrata em 'Babenco' o artista e o homem na intimidade

Cida Pedrosa vence nas categorias Livro do Ano e Poesia no Prêmio Jabuti 2020
Literatura

Cida Pedrosa vence nas categorias Livro do Ano e Poesia no Prêmio Jabuti 2020