Atrizes protestam contra assédio de José Mayer

Mulheres ligadas à Rede Globo aderem à manifestação "Mexeu com uma, mexeu com todas", e emissora suspende o ator

Drica Moraes, Luisa Arraes, Tainá Müller, Cissa Guimarães, Astrid Fontenelle e Alice Wegmann aderiram à iniciativaDrica Moraes, Luisa Arraes, Tainá Müller, Cissa Guimarães, Astrid Fontenelle e Alice Wegmann aderiram à iniciativa - Foto: Reprodução/Instagram

RIO DE JANEIRO e SÃO PAULO (Folhapress) - Funcionárias e mulheres ligadas à Rede Globo fizeram um protesto em apoio à figurinista Susllem Meneguzzi Tonani, que acusou de assédio o ator José Mayer no blog da Folha de S.Paulo #AgoraÉQueSãoElas nesta terça-feira (04).

As mulheres estão se mobilizando para trabalhar usando camisetas com a frase "Mexeu com uma, mexeu com todas". O protesto também acontece em redes sociais, com uma postagem em massa de fotos da camiseta. Artistas como Camila Pitanga, Fernanda Lima, Astrid Fontenelle e Cissa Guimarães já aderiram.

Funcionárias da Globo fizeram reuniões nos últimos dias para discutir assédio. Os encontros foram organizados por um grupo que reúne desde camareiras até diretoras e atrizes, que foram recebidas também pelo diretor-geral Carlos Henrique Schroder.

A Globo resolveu então suspender o ator José Mayer de produções dos Estúdios Globo por tempo indeterminado. A decisão da emissora foi tomada na segunda-feira e motivada pela denúncia de assédio sexual, envolvendo o ator e a figurinista Susllem Tonani.

Em nota, a emissora lastima o ocorrido. "A Globo lamenta que Susllem Tonani tenha vivido essa situação inaceitável num ambiente que a emissora se esforça cotidianamente para que seja de absoluto respeito e profissionalismo. E, por essa razão, pede a ela sinceras desculpas".

Resposta
O ator José Mayer divulgou ontem uma carta aberta na qual diz que errou ao fazer "brincadeiras de cunho machista" com colegas. Na carta, Mayer diz: "Errei no que fiz, no que falei, e no que pensava. A atitude correta é pedir desculpas. Mas isso só não basta. É preciso um reconhecimento público que faço agora."

Mayer então afirma que não tinha a intenção de ofender, mas reconhece que suas "brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas".

O ator se diz "fruto de uma geração que aprendeu, erradamente, que atitudes machistas, invasivas e abusivas podem ser disfarçadas de brincadeiras ou piadas. Não podem. Não são."

Diz que aprendeu com seu erro e que está vivendo um processo de mudança. "O que posso assegurar é que o José Mayer, homem, ator, pai, filho, marido, colega que surge hoje é, sem dúvida, muito melhor."

Veja também

Renata Sorrah será a nova vilã da continuação de 'Verdades Secretas'
Streaming

Renata Sorrah será a nova vilã da continuação de 'Verdades Secretas'

Morre icônico jornalista dos EUA Larry King, de Covid-19
Coronavírus

Morre icônico jornalista dos EUA Larry King, de Covid-19