Autorretratos de Murillo reunidos pela primeira vez em Londres

Pinturas do espanhol poderão ser vistas na National Portrait Gallery de Londres

A exposição de Murillo ocorre pouco depois do 400º aniversário de seu nascimento A exposição de Murillo ocorre pouco depois do 400º aniversário de seu nascimento  - Foto: Reprodução/Internet

Os dois únicos autorretratos conhecidos do pintor espanhol do século de Ouro Bartolomé Esteban Murillo serão expostos pela primeira vez juntos, a partir de quarta-feira na National Portrait Gallery de Londres.

Um dos quadros, da Coleção Frick de Nova York, mostra o pintor nascido em Sevilha (1617-1682) com 30 anos, enquanto o outro, que pertence a National Gallery de Londres, o apresenta 20 anos depois.

A exposição de Murillo, com outras obras do artista, acontece pouco depois do 400º aniversário de seu nascimento "e apresenta uma excitante oportunidade de apreciar esta figura de ponta da arte espanhola do século XVII sob uma nova luz", afirma National Portrait Gallery em um comunicado.

Leia também:
Exposição transforma manequins em arte no Recife
Ianah Maia traz exposição 'Algumas coisas bonitas que encontrei' ao Recife
Artes visuais: 5 fatos de 2017 para lembrar


De acordo com o Museu do Prado de Madri, nos dois autorretratos "é possível constatar que (Murillo) foi uma pessoa inteligente e desperta, dotado de uma profundidade intelectual que permitiu traduzir em pintura o universo religioso e o âmbito social que o envolvia com serena amabilidade e pausada percepção".

Veja também

Polícia encontra supostas músicas inéditas de Renato Russo
Rio de Janeiro

Polícia encontra supostas músicas inéditas de Renato Russo

Mezzo-soprano apresenta clássicos da poesia francesa no Recife
Virtual

Mezzo-soprano apresenta clássicos da poesia francesa no Recife