A-A+

Babalorixá Dito de Oxóssi, do afoxé Ylê de Egbá, será sepultado no Cemitério de Santo Amaro

Ele faleceu no domingo (15), de parada cardiorrespiratória. Faria 58 anos nesta terça (17)

Dito D'Oxóssi era o fundador de um dos mais antigos afoxés pernambucanosDito D'Oxóssi era o fundador de um dos mais antigos afoxés pernambucanos - Foto: Ylê de Egbá/Facebook

 

O corpo do babalorixá e músico Dito D'Oxóssi será sepultado nesta segunda-feira (16), às 16h, no Cemitério de Santo Amaro, onde está sendo velado. Ele faleceu na tarde deste domingo (15), por conta de uma parada cardiorrespiratória, dois dias antes de seu aniversário de 58 anos.

Leia também:
Afoxé é resistência contra o racismo, Maracatu vai além da religião
Cannibal lança livro e é exemplo de resistência no Alto José do Pinho
Grupo Afoxé Oxum Pandá faz apresentação no Teatro Arraial

Vocalista do Afoxé Ilê de Egbá, do Alto José do Pinho, onde realizava uma série de atividades sociais, Dito se destacava dentro da música pernambucana, tendo realizado apresentações e oficinas dentro e fora do Brasil. Também participou ativamente do Movimento Negro Unificado.

Dito D'Oxóssi estava internado por conta de problemas respiratórios desde o dia 26 de setembro, no Hospital Otávio de Freitas. Ele deixa esposa e cinco filhos.

 

Veja também

Gil do Vigor diz que faturou R$ 15 milhões após fim do BBB 21
Pós reality

Gil do Vigor diz que faturou R$ 15 milhões após fim do BBB 21

Festival de Teatro para Crianças de Pernambuco embarca na reta final
Teatro

Festival de Teatro para Crianças de Pernambuco embarca na reta final