Bailarina e performer Flavia Pinheiro é atração do festival Cena Cumplicidades

Montagem tem entre seus objetos de discussão a relação do corpo com a tecnologia, temática que vem permeando as investigações da artista

Flavia em “Contato Sonoro”: pernambucana está entre os 20 convidados do Brasil e do exterior no evento até dia 6Flavia em “Contato Sonoro”: pernambucana está entre os 20 convidados do Brasil e do exterior no evento até dia 6 - Foto: Divulgação

 

A bailarina e performer Flavia Pinheiro estreia seu mais novo espetáculo, “Como manter-se vivo?”, na abertura do festival Cena Cumplicidades, com sessões hoje e amanhã, às 20h, no Teatro Hermilo Borba Filho. A montagem tem entre seus objetos de discussão a relação do corpo com a tecnologia, temática que vem permeando as investigações da artista desde “Diafragma: dispositivo versão beta” (2015) e aprofundado em “Diafragma: ensaio sobre a impermanência” (2016).

Desta vez, Flavia transpõem para a cena suas inquietações em relação aos desafios encontrados por quem produz arte no Brasil. “A pergunta que deu início a tudo foi: como a gente continua fazendo dança dentro da conjuntura atual em que o País vive? Sem políticas públicas que apoiem a cultura, como a gente sobrevive e continua a se mover?”, indaga. Durante a performance, ela interage com dois robôs em formato de esfera, controlados por softwares.

Dentro do festival, a performer apresenta ainda outro projeto: “Contacto sonoro”, intervenção urbana desenvolvida sob a chancela do Coletivo Mazdita. Ao lado do argentino Leandro Olivan, ela aborda os transeuntes com dispositivos que produzem ruídos ao contato com o corpo humano. A experiência será executada no Terminal Xambá, neste sábado, das 8h30 e 15h. No dia seguinte, o ponto de encontro será o Alto da Sé, às 15h30.

Iberoamericano
Com patrocínio da Petrobras, o Cena CumpliCidades chega a sua sexta edição. A programação segue até o dia 06 de novembro, em Recife e Olinda. “Esse é um festival que tem como característica estabelecer relações, sobretudo, entre cidades iberoamericanas”, afirma Arnaldo Siqueira, diretor artístico do projeto. No total, serão 20 a­trações vindas do Brasil, Uruguai, Peru, Argentina, Espanha, Suíça, França e Canadá.

Os espetáculos serão encenados nos teatros Apolo e Hermilo Borba Filho. Por esses dois equipamentos culturais, passarão montagens como “Hyperterrestres” (Canadá/França), “MoralAmoralInmoral” (Argentina) e “Nije” (Uruguai). Partindo pa­ra Olinda, no Alto da Sé, o Pal­co Pretobras recebe shows e espetáculos de dança gratuitos. Nesta sexta-feira, o grande destaque musical é a banda espanhola Los Mambo Jambo, que explora as possibilidades do rock and roll instrumental. Na mesma noite, se apresen­tam a cantora Aninha Mar­tins, o grupo Ioannis Mandafounis, da Suíça, e o Entre Nós Coletivo de Criação, de Natal.

Serviço >
Espetáculo “Como manter-se vivo?” - 6º Cena CumpliCidades
Quando: Hoje e amanhã, às 20h
Onde: Teatro Hermilo Borba Filho (Cais do Apolo, s/n, bairro do Recife)
Quanto: R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada)
Informações: (81) 3355-3320

 

Veja também

Clássico de Hitchcock, 'Rebecca' ganha uma nova versão com ares feministas
Streaming

Clássico de Hitchcock, 'Rebecca' ganha uma nova versão com ares feministas

Navegue na edição digital da Folha de Pernambuco
Folha de Pernambuco

Navegue na edição digital da Folha de Pernambuco