Bailarina e performer Flavia Pinheiro é atração do festival Cena Cumplicidades

Montagem tem entre seus objetos de discussão a relação do corpo com a tecnologia, temática que vem permeando as investigações da artista

Flavia em “Contato Sonoro”: pernambucana está entre os 20 convidados do Brasil e do exterior no evento até dia 6Flavia em “Contato Sonoro”: pernambucana está entre os 20 convidados do Brasil e do exterior no evento até dia 6 - Foto: Divulgação

 

A bailarina e performer Flavia Pinheiro estreia seu mais novo espetáculo, “Como manter-se vivo?”, na abertura do festival Cena Cumplicidades, com sessões hoje e amanhã, às 20h, no Teatro Hermilo Borba Filho. A montagem tem entre seus objetos de discussão a relação do corpo com a tecnologia, temática que vem permeando as investigações da artista desde “Diafragma: dispositivo versão beta” (2015) e aprofundado em “Diafragma: ensaio sobre a impermanência” (2016).

Desta vez, Flavia transpõem para a cena suas inquietações em relação aos desafios encontrados por quem produz arte no Brasil. “A pergunta que deu início a tudo foi: como a gente continua fazendo dança dentro da conjuntura atual em que o País vive? Sem políticas públicas que apoiem a cultura, como a gente sobrevive e continua a se mover?”, indaga. Durante a performance, ela interage com dois robôs em formato de esfera, controlados por softwares.

Dentro do festival, a performer apresenta ainda outro projeto: “Contacto sonoro”, intervenção urbana desenvolvida sob a chancela do Coletivo Mazdita. Ao lado do argentino Leandro Olivan, ela aborda os transeuntes com dispositivos que produzem ruídos ao contato com o corpo humano. A experiência será executada no Terminal Xambá, neste sábado, das 8h30 e 15h. No dia seguinte, o ponto de encontro será o Alto da Sé, às 15h30.

Iberoamericano
Com patrocínio da Petrobras, o Cena CumpliCidades chega a sua sexta edição. A programação segue até o dia 06 de novembro, em Recife e Olinda. “Esse é um festival que tem como característica estabelecer relações, sobretudo, entre cidades iberoamericanas”, afirma Arnaldo Siqueira, diretor artístico do projeto. No total, serão 20 a­trações vindas do Brasil, Uruguai, Peru, Argentina, Espanha, Suíça, França e Canadá.

Os espetáculos serão encenados nos teatros Apolo e Hermilo Borba Filho. Por esses dois equipamentos culturais, passarão montagens como “Hyperterrestres” (Canadá/França), “MoralAmoralInmoral” (Argentina) e “Nije” (Uruguai). Partindo pa­ra Olinda, no Alto da Sé, o Pal­co Pretobras recebe shows e espetáculos de dança gratuitos. Nesta sexta-feira, o grande destaque musical é a banda espanhola Los Mambo Jambo, que explora as possibilidades do rock and roll instrumental. Na mesma noite, se apresen­tam a cantora Aninha Mar­tins, o grupo Ioannis Mandafounis, da Suíça, e o Entre Nós Coletivo de Criação, de Natal.

Serviço >
Espetáculo “Como manter-se vivo?” - 6º Cena CumpliCidades
Quando: Hoje e amanhã, às 20h
Onde: Teatro Hermilo Borba Filho (Cais do Apolo, s/n, bairro do Recife)
Quanto: R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada)
Informações: (81) 3355-3320

 

Veja também

Artistas se unem para arrecadar fundos para ações na Cracolândia
Solidariedade

Artistas se unem para arrecadar fundos para ações na Cracolândia

Dani Calabresa diz que namorado a fez acreditar que 'vale a pena se jogar' no amor
famosos

Dani Calabresa diz que namorado a fez acreditar que 'vale a pena se jogar' no amor