Bairro do Recife recebe shows abertos ao público em comemoração aos 40 anos da Melissa

Marco Pernambucano da Moda recebeu a celebração, que contou com apresentações de Sofia Freire, banda Bule, Katarina Nápoles, Larissa Lisboa e o grupo Maracatu Baque Mulher, além da Odara Ôdesce e os DJs Iury Andrew, Milena Cinismo, Claudia Aires, Revérse

Banda Bule fez show com várias participaçõesBanda Bule fez show com várias participações - Foto: Samia Emerenciano/Divulgação

Considerado um dos centros de incentivo à economia criativa nacional, Recife recebeu, neste domingo (29), uma festa comemorativa aos 40 anos da Melissa. A marca de calçados escolheu a capital pernambucana como uma das quatro cidades para o circuito de comemorações. O evento aconteceu no Marco Pernambucano da Moda, no Bairro do Recife, das 12h às 22h, com programação de shows, intervenções artísticas, feiras e exposição de elementos da cena criativa local.

Aberta ao público e gratuita, a festa contou, ainda, com espaços montados na rua da Moeda e no próprio Marco da Moda. Pelo palco, passaram vários artistas pernambucanos: Sofia Freire, banda Bule, Katarina Nápoles, Larissa Lisboa e o grupo Maracatu Baque Mulher. Além disso, a festa Odara Ôdesce e os DJs Iury Andrew, Milena Cinismo, Claudia Aires, Revérse e o VJ Mozart.

Leia também 
Melissa celebra 40 anos com festa no Recife neste domingo 

De acordo com a marca, o objetivo do evento era se aproximar com a cidade. Para isso, houve a assinatura local de Ana Garcia, diretora do Coquetel Molotov, e do styling Nestor Mádenes. “A ideia que a Melissa teve foi a de reunir todos os coletivos que estão fazendo algo incrível na cidade. Então temos a presença da música eletrônica, dos festivais, da feira e das festas que fazem parte da cidade. E o Coquetel entrou para mostrar o que há de mais novo na música pernambucana”, conta a diretora do Coquetel Molotov, Ana Garcia.

Segundo a analista de marca e comunicação da Melissa, Deisi Meneguzzi, a capital pernambucana foi escolhida no circuito pela aproximação com a marca e pelo apelo cultural. “Do Nordeste, a capital escolhida foi o Recife a gente ficou muito satisfeito com o resultado. Como o tema desta festa é o futuro extraordinário e uma das questões é a sustentabilidade, decidimos trabalhar esse pilar aqui na cidade, que tem super a ver com essa pegada”, enfatizou Deisi.

Para a cantora Katarina Nápoles, vocalista da Banda Guma, o evento traz múltiplos significados para o público e para artistas independentes. “Primeiro [lugar], é o incentivo a artistas independentes para trabalharem. Segundo é escolher mulheres para participar e estar presentes com suas músicas autorais. E em terceiro é fazer um evento aberto ao público, principalmente, aqui no Recife Antigo”, diz a artista. As comemorações da Melissa passaram por outras três cidades: São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Veja também

Humorista Zé Lezin em dupla apresentação no Grande Recife
Humor

Humorista Zé Lezin em dupla apresentação no Grande Recife

Sesc Pernambuco abre inscrições para cursos de cultura online
Artes

Sesc Pernambuco abre inscrições para cursos de cultura online