Balé Popular do Recife apresenta espetáculo em comemoração aos seus 40 anos

"Despertar celebração - O canto do guerreiro Tuxau" entra em cartaz no Teatro de Santa Isabel, neste final de semana

Diversos ritmos brasileiros fazem parte do espetáculo, que é composto por 14 bailarinosDiversos ritmos brasileiros fazem parte do espetáculo, que é composto por 14 bailarinos - Foto: Fernando Azevedo/Divulgação

O Balé Popular do Recife nasceu - em 1977 - erguendo a bandeira do resgate de festejos e folguedos populares nordestinos. Após quatro décadas de trajetória, esse é um princípio que segue norteando o grupo de dança em todas as suas atividades. Seu mais recente trabalho, batizado de "Despertar celebração - O canto do guerreiro Tuxau", é a prova disso. Inspirado em diferentes manifestações culturais folclóricas, o espetáculo ganha duas sessões no Teatro de Santa Isabel, neste sábado (4), às 19h, e no domingo (5), às 18h.

Leia também:
Claúdio Ferrario leva dois espetáculos ao Teatro Arraial
Deborah Colker retorna ao Recife com novo espetáculo
“Três Mulheres e um Bordado de Sol” abre calendário da Caixa Cultural Recife
Hit de MC Loma é trilha sonora de peça de Oswald de Andrade


A montagem surgiu a partir de laboratórios desenvolvidos pela companhia em 2015, que estimulou uma série de pesquisas realizadas por Angélica Madureira (diretora artística) e Marconi Stylebrasil (diretor geral). Durante mais de um ano, a dupla de coreógrafos foi amadurecendo a ideia de uma relação entre as brincadeiras populares e o sagrado. Dessa forma, cada dança seria representada de maneira que exaltasse sua ligação com o divino.

"O primeiro motivador foi comemorar os 40 anos do grupo, mas também queríamos colocar em prática o que estávamos vivenciando como formadores", aponta Marconi. Ao longo de 55 minutos, o espetáculo leva ao palco diversos folguedos e ritmos brasileiros, como reisado, maracatu, ciranda, lundum, aboio e bumba-meu-boi.



"No final, tudo termina em frevo. É a apoteose da apresentação", conta o diretor, que há 15 anos integra a equipe do Balé Popular. Ao lado de Angélica, filha de André Madureira, fundador da companhia, ele ajuda a promover a renovação do grupo. "É importante falar que, durante todo o processo criativo, André sempre esteve nos direcionando. Ele assumiu as rédeas, conduzindo e dando limites às nossas formulações", destaca.

Composta por 14 bailarinos, "Despertar celebração" teve pré-estreia na cidade de Campina Grande (PB), em março de 2017. Em maio do mesmo ano, a montagem foi levada ao Teatro de Santa Isabel. Agora, volta a ser encenada na capital pernambucana, com algumas reformulações. Uma das novidades é a participação especial de integrantes do projeto As Mil Faces de Uma Plus, que desenvolve ações de empoderamento de mulheres "plus size".

Também haverá participação do grupo Nação do Maracatu Encanto da Alegria, que levou o título de grande campeã do Carnaval do Recife 2018. Sair em turnê com o espetáculo é um sonho que a companhia alimenta, mas que depende de financiamento. "O projeto foi aprovado pela Lei Rouanet. Estamos na luta para conseguir captar recursos", revela.

Serviço:
Espetáculo "Despertar celebração - O canto do guerreiro Tuxau"
Sábado (4), às 19h, e domingo (5), às 18h
Teatro de Santa Isabel (Praça da República, s/n, Santo Antônio)
R$ 40 e R$ 20 (meia-entrada)
Informações: (81) 3266-8392 | 9 9874-6572

Veja também

Demi Lovato será a apresentadora do People's Choice Awards 2020
Premiação

Demi Lovato será a apresentadora do People's Choice Awards 2020

Anitta, Gagliasso, Emicida e mais famosos criticam Bolsonaro e privatização da saúde
Brasil

Anitta, Gagliasso, Emicida e mais famosos criticam Bolsonaro e privatização da saúde