Bancada do 'Choque de Cultura' é uma das principais atrações da Bienal Geek

No ar no canal do Youtube TV Quase, humoristas brincam com a cultura pop e as opiniões da crítica especializada

Maurílio dos Anjos (Raul Chequer), Julinho da van (Leandro Ramos), Rogerinho do Ingá (Caito Mainier) e Renan (Daniel Furlan) compõem a equipe do programa Maurílio dos Anjos (Raul Chequer), Julinho da van (Leandro Ramos), Rogerinho do Ingá (Caito Mainier) e Renan (Daniel Furlan) compõem a equipe do programa  - Foto: Divulgação

Os maiores nomes do transporte alternativo vêm fazendo sucesso na internet com um tipo muito peculiar de humor que se equilibra no limiar entre o nonsense e o ofensivo. O programa "Choque de Cultura", que vai ao ar no canal do Youtube TV Quase, brinca com a crítica cultural especializada ao trazer motoristas de van para debater sobre a cultura pop.

Rogerinho do Ingá (Caito Mainier), Julinho da van (Leandro Ramos), Maurílio dos Anjos (Raul Chequer) e Renan (Daniel Furlan) compõem a bancada do "Choque de Cultura". Esses dois últimos, junto com outro membro da TV Quase, David Benicá, estão no Recife para participar da Bienal Geek.

Um projeto que Furlan descreve, brincando, como “frustrante e que deixou saudades”, a Quase começou como uma revista em quadrinhos na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), com uma equipe composta por estudantes dos cursos de Comunicação e de Artes Plásticas. Da formação original ainda fazem do projeto o próprio Daniel, Raul Chequer, David Benicá e Juliano Enrico. Anos mais tarde, se juntaram à equipe Caito, Leandro, Pedro Leite e Fernando Fraiha.

Leia também:
'Choque de Cultura' vem ao Recife
Sheviii e Alocs jogarão com público na Bienal Geek
Bienal Geek de Pernambuco divulga programação completa


O projeto migrou para o campo do audiovisual, se tornando a TV Quase, com diversas peças de humor, além do "Choque de Cultura", contrariando os planos de Daniel que diz que “o impresso em papel-jornal é o futuro”. Mas ele afirma que tudo isso, na verdade, é um plano para ganhar visibilidade e fazer um retorno triunfal ao mundo dos quadrinhos.

Dentro da TV Quase, o "Choque de Cultura" é o produto de maior sucesso do grupo, ou pelo menos o responsável por chamar a atenção do público para a pequena produtora. O "Choque" surgiu após um convite do portal Omelete para a realização de um "Falha de Cobertura" - outro programa da TV Quase no qual Furlan e Mainier comentam sobre esportes - só que desta vez sobre cinema. Raul Chequer sugeriu criarem um novo programa e assim surgiu o "Choque de Cultura", trazendo resquícios do Julinho da "Van Talk Show", no qual Leandro Ramos e Caito falavam sobre o dia a dia das vans.

Quem costumava assistir à MTV Brasil no começo dos anos 2010 já deve estar familiarizado com esse tipo de humor. Lá, Furlan participou do "Rockgol", tanto o de futebol quando de mesa, e "O Último Programa do Mundo", que brincava com o fim do próprio canal que encerraria suas atividades na TV aberta. "Era enlouquecedor porque era diário e eu ainda fazia - e eventualmente ajudava a escrever - o 'Furo [MTV]', que também era diário".

A rotina no canal de televisão, que passava por sérias dificuldades financeiras, era bastante puxada, mas, ainda assim, Furlan se diz grato por terem lhe dado "essa moral". "Eu e o Juliano muitas vezes dormíamos na ilha de edição, principalmente ele. Achávamos que ninguém sabia, porque de manhã cedo a gente fingia muito mal, fazíamos de conta que estava chegando e não acordando ali."

Sobre a vinda ao Recife, Furlan se diz animado, mas que terá pouco tempo na cidade. "Espero conseguir alertar a todos sobre o que aconteceu na Copa União de 1987", completou brincando. O tipo de humor humor praticado por Daniel e seus colegas foi, inclusive, tema da dissertação de mestrado do Furlan na University of Greenwich, na qual investigou a dinâmica entre o riso e a culpa no humor politicamente incorreto. Mas nem só do "Choque de Cultura" vive a TV Quase. O "Último Programa do Mundo", "Falha de Cobertura" e "Rockgol" saíram da MTV e vez ou outra são revividos no canal da TV Quase.

   Irmão do Jorel

Daniel ainda participa como co-produtor, roteirista e dublador na série "Irmão do Jorel", animação do Juliano Enrico veiculada no Cartoon Network. Jorel é o menino mais popular do bairro, mas a série - ambientada numa família de acumuladores nos anos 1980 - gira em torno do seu irmão atrapalhado, o Irmão do Jorel.

Parte da trilha sonora do desenho é cantada pelo Furlan, que teve uma banda de rock chamada Ócio, mas que encerrou suas atividades em março deste ano.

Veja também

Flaviola, ícone da psicodelia pernambucana, morre de Covid-19
Luto

Flaviola, ícone da psicodelia pernambucana, morre de Covid-19

Morre, aos 56, o baterista Flávio Guaraná, do bloco Quem tem Boca Vaia Roma
LUTO

Morre, aos 56, o baterista Flávio Guaraná, do bloco Quem tem Boca Vaia Roma