REALITY SHOW

BBB 22: como Arthur Aguiar, Douglas Silva e Paulo André chegaram à final do reality

Em edição marcada pela brotheragem, pela primeira vez, reality show tem três homens na final

Arthur, Douglas e Paulo André são finalistas do BBB22Arthur, Douglas e Paulo André são finalistas do BBB22 - Foto: Reprodução/Instagram

A 22ª edição do Big Brother Brasil chega ao fim na noite desta terça (26) com uma final inédita entre três homens. Integrantes do grupo Camarote, formado por personalidades convidadas, os atores Arthur Aguiar e Douglas Silva e o atleta Paulo André disputam o o prêmio de R$ 1,5 milhão. A última vez que um participante do sexo masculino ganhou o reality foi em 2015.

Mas como foi que os três chegaram à final do BBB 22? Relembramos as atitudes, o jogo e as relações que levaram á disputa por R$ 1,5 milhão.

Por conta de um diagnóstico positivo de Covid-19, Arthur entrou no BBB 22 três dias depois do início do jogo, assim como a influenciadora digital Jade Picon e a cantora Linn da Quebrada. Na casa, em seu discurso de apresentação, mostrou-se arrependido pelo que já havia feito llá fora. Não havia muito tempo que ele estava nas páginas de fofoca por conta das traições à esposa, a influenciadora digital Maíra Cardi.

Depois de muita lavação de roupa suja em público, o ator chegou a ser cancelado, mas obteve o perdão de Maíra (tudo devidamente postado nas redes), e o casal retomou o relacionamento. Arthur Aguiar já entrou no Big Brother Brasil buscando uma reconstrução pessoal:

"Acho que me perdi ao longo do caminho, não tenho vergonha nenhuma de dizer isso", disse em seu discurso de apresentação.

No início, o ator e cantor fez amizade com Tiago Abravanel e com Jade Picon, mas a influenciadora cortou laços com ele e se tornou sua grande rival no jogo. Bastante articulado, Arthur teve o mérito de reverter todas (ou quase todas) as acusações que lhe fizeram em suas primeiras semanas na casa.

Era alvo frequente dos demais participantes no Jogo da discórdia, mas soube, com destreza argumentativa e alguma frieza, se fazer de perseguido. E virou o jogo. Deixou de ser alvo e passou a atacar, derrubando todos os seus detratores nos paredões.
 

Estreitou laços com Douglas, Scooby e Paulo André (principalmente com o último), embora tenha manifestado, algumas vezes, que sempre se sentiu sozinho na casa. Seu auge no "BBB" 22 foi a ida para o Quarto Secreto, onde brincou de Big Boss e escutou a conversa dos seus colegas de confinamento após um paredão falso em que o público o escolheu para a dinâmica. Voltou triunfal, disfarçado de coelho da Páscoa, e passou a se sentir mais confiante na reta final.

Cria da favela da Maré, Zona Norte do Rio, o ator Douglas Silva chegou manso nesta edição do "Big Brother Brasil". Discreto, mas sempre firme em suas convicções, não se envolveu em grandes conflitos e se agarrou na amizade com Paulo André e Pedro Scooby para traçar um jogo conjunto dentro programa.

Um dos méritos do seu jogo talvez tenha sido escondê-lo: era frequente ouvir de seus adversários (leia-se participantes do quarto Lollipop) sobre a dificuldade de entender sua estratégia. Sob esse pretexto, foi indicado ao paredão pela casa algumas vezes.

DG também soube transitar pela casa. Mesmo sendo pilar forte do grupo "Disney", tinha bom relacionamento com Natália e Jessi, das "Comadres", e, ainda que houvesse rivalidade com os "Lollipoppers", teve boas conversas com seus adversários, sempre prezando por discussões pautadas pela escuta. Na web, entretanto, houve quem enxergasse rispidez no modo como ele resolvia suas desavenças.

Em discursos emocionados, o ator nunca escondeu que suas filhas, Morena, de 1 ano e meio, e Maria Flor, de 10, e sua companheira, Carolina, eram sua inspiração para seguir em frente no reality show. Maria Flor, inclusive, deu um boom nas redes sociais durante o confinamento do pai e hoje acumula quase 400 mil seguidores no Instagram.

A amizade do velocista com Pedro Scooby foi um dos pontos altos desta edição do programa. Assim como Babu e Prior o fizeram em 2019, Scooby e PA cativaram o público com momentos descontraídos, cantando um rap ou um pagode, ou até mesmo em momentos de saudade da família, em que um sempre oferecia o ombro ao outro.

A relação de Paulo André com Jade Picon também causou: desde os flertes iniciais, passando pelo primeiro beijo, até a despedida da influenciadora da casa, os dois protagonizaram momentos fofos e o casal caiu nas graças das redes sociais.

De sorriso sempre largo, o atleta de 23 anos foi figura divertida nas festas e também se saiu bem nas provas do programa, principalmente nas que exigiam resistência. Teve embates acalorados com alguns participantes, como Naiara Azevedo, Lina e Eslovênia, mas nada que o colocasse na reta do público: das vezes que foi para o paredão, voltou com folga.

Sua amizade com Arthur Aguiar também pode ter lhe fortalecido, visto a força da torcida pelo ator. Fora da casa, virou notícia quando perdeu um de seus patrocínios, uma bolsa concedida pelo governo federal no valor de R$ 1.850 que exigia presença nos treinos como contrapartida. Ao vencer a 12ª prova do líder, no início do mês, PA pôs no bolso R$ 100 mil, o equivalente a quatro anos e meio do auxílio perdido.

Veja também

Conheça famosas que abriram o jogo sobre o corpo na gravidez
FAMOSAS

Graciele, Fê Paes Leme, Bárbara Evans, Viih Tube: famosas que falaram sobre o corpo na gravidez

Silvio Santos ainda não tem previsão para deixar hospital, revela SBT
H1N1

Silvio Santos ainda não tem previsão para deixar hospital, revela SBT

Newsletter