BBB 24

BBB 24: Tadeu pede mudança em sorteio de Prova do anjo para evitar acusações de trapaça

Pitel venceu a competição, ganhando a imunidade e o poder de proteger alguém

Pitel venceu a Prova do Anjo no BBB24Pitel venceu a Prova do Anjo no BBB24 - Foto: Reprodução/TV Globo

Antes da realização da Prova do Anjo no BBB 24 deste sábado (2), Tadeu Schmidt deu um recado aos participantes pedindo por mais transparência durante o sorteio para definir quem participa da disputa.

O comentário foi feito em resposta a algumas críticas de internautas após a viralização de um vídeo em que Michel (vencedor da Prova do Anjo por três vezes consecutivas) supostamente olha dentro da urna vedada antes de pegar a ficha que lhe permitiria participar do jogo.

Antes do início do sorteio de hoje, Tadeu Schmidt pediu: "A gente sabe que não dá pra ver nada dentro da urna. Vocês sabem, também. A urna foi construída exatamente pra isso. A gente tem certeza que ninguém aqui tentaria levar qualquer tipo de vantagem. Mas, para evitar que alguém fique pensando qualquer coisa, balancem a urna e façam o sorteio sem olhar, tá bom?".

Como foi a Prova do Anjo de hoje no BBB 24
Pitel venceu a disputa deste sábado, 2, e ganhou o direito da imunidade e de imunizar mais um participante. Para o castigo do monstro, 'Fênix e Unicórnio', ela escolheu Matteus (unicórnio) e Bin Laden (Fênix). Ela escolheu Fernanda, Lucas e Michel para o almoço do Anjo.

Após o sorteio, participaram da Prova: Bin Laden, Fernanda, Pitel, Michel, Giovanna, Leidy, Alane, Isabelle, Beatriz e Davi. Giovanna, Leidy e Pitel chegaram à fase final, na qual esta última fez mais pontos. Clique aqui para ver como foi.

Antes do início da disputa, o apresentador Tadeu Schmidt falou sobre a expulsão de Wanessa Camargo aos participantes.

Veja também

Salman Rushdie relembra atentado em primeira entrevista à televisão
ESCRITOR

Salman Rushdie relembra atentado em primeira entrevista à televisão

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso comemoram indiciamento de mulher filmada fazendo ofensas racistas
DECLARAÇÃO

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso comemoram indiciamento de mulher filmada fazendo ofensas racistas

Newsletter