Cultura+

Caboclinho é reconhecido como Patrimônio Cultural Brasileiro

Ministro Roberto Freire participa de solenidade de entrega da titulação nesta quinta-feira (22), às 12h, no Palácio Campo das Princesas

Wanderson Florêncio (PSC) é o presidente do colegiado.Wanderson Florêncio (PSC) é o presidente do colegiado. - Foto: Divulgação

Uma das maiores manifestações culturais de Pernambuco, os Caboclinhos, vai se tornar oficialmente um Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. Nesta quinta-feira (22), às 12h, o ministro da Cultura, Roberto Freire, participa de uma solenidade no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, em que fará a entrega desse título. Na cerimônia também serão diplomados seis novos Patrimônios Vivos de Pernambuco e haverá a sanção da Lei de Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco.

Em novembro, o Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural concedeu o título de Patrimônio Cultural do Brasil ao Caboclinho. A escolha foi unânime. A manifestação ocorre principalmente na Região Metropolitana de Recife e na Zona da Mata Norte do Estado, sendo também muito populares no carnaval.

O caboclinho é uma performance artística que reúne elementos de dança e música e apresenta narrativas de guerreiros e heróis, com forte influência da cultura indígena. Essa manifestação cultural existe desde o século XIX e tem fortes características da cultura afro e indígena brasileira. Musicalmente, recebe o aporte de instrumentos como o Caracaxá e a Preaca, que são exclusivos dessa manifestação.

Veja também

Sueco Ruben Ostlund ganha sua segunda Palma de Ouro por 'Triangle of Sadness'
Festival de Cannes

Sueco Ruben Ostlund ganha sua segunda Palma de Ouro por 'Triangle of Sadness'

Adiada a segunda noite de show de Caetano Veloso no Guararapes
Música

Adiada a segunda noite de show de Caetano Veloso no Guararapes