luto

Cantor Trini Lopez, de 'La Bamba', morre aos 83 anos vítima de Covid-19

Lopez viveu o auge de sua fama nos anos 1960, quando gravou versões bem-sucedidas das canções 'If I Had a Hammer' e 'La Bamba'

Trini Lopez em 'Os Doze Condenados'Trini Lopez em 'Os Doze Condenados' - Foto: Divulgação

O cantor americano Trini Lopez morreu nesta terça-feira (11), aos 83 anos, em um hospital na Califórnia. De acordo com Joe Chavira, seu amigo e colaborador, o artista não resistiu a complicações causadas pela Covid-19.

Lopez viveu o auge de sua fama nos anos 1960, quando gravou versões bem-sucedidas das canções "If I Had a Hammer" e "La Bamba". Outro de seus sucessos foi "Lemon Tree", que ganhou releitura na voz do cantor em 1965.

A música era uma versão americana de "Meu Limão, Meu Limoeiro", composta por José Carlos Burle nos anos 1930 e adaptada por Will Holt. No Brasil, se tornou um fenômeno nacional com a voz e o gingado de Wilson Simonal.

 



Lopez ficou conhecido por reinventar sucessos do folk, abraçando suas origens latino-americanas e adicionando tons de rockabilly às composições. Ele também trabalhou como ator, fazendo participações especiais em filmes como "Os Doze Condenados", de 1967.

Veja também

Itaú Cultural abre nova convocatória de teatro
Artes Cênicas

Itaú Cultural abre nova convocatória de teatro

Globo exibe "Nada Será Como Antes" em formato de filme
Televisão

Globo exibe "Nada Será Como Antes" em formato de filme