Cartas de Dom Basílio Penido são transcritas em livro de Ricardo Japiassu

O livro 'Caros Olindenses - Cartas de Dom Basílio Penido' será lançado por Ricardo Japiassu nesta quinta-feira (13), no Palácio dos Manguinhos, nas Graças

Escritor Ricardo JapiassuEscritor Ricardo Japiassu - Foto: LEO MOTTA

Falar sobre cartas manuscritas, nos dias atuais, pode soar quase como um desdém diante do aparato tecnológico que se tem à disposição. Ao mesmo tempo em que é um gesto atemporal, o de resgatar memórias e garantir, para a posteridade, a permanência de narrativas relevantes da história. Premissas suficientes para inspirar o escritor pernambucano Ricardo Japiassu a digitalizar e depois transformar em livro os relatos de Dom Basílio Penido, abade do Mosteiro de Olinda entre os anos de 1962 e 1987.

A obra “Caros Olindenses - Cartas de Dom Basílio Penido” será lançada nesta quinta-feira (13), a partir das 17h, no Palácio dos Manguinhos, nas Graças, em evento que contará com a presença do arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. “Escrever uma obra, com o peso de espiritualidade que ela teve, consolidou o meu dia a dia de fé, além de ter trazido à tona a importância dos escritos de Dom Basílio, revivendo emocionalmente as minúcias de cartas escritas à mão, uma ação que deixou de fazer parte do nosso mundo”, contou Japiassu.

Para as páginas do livro, foram selecionados dezesseis relatos datados de 1985, das 89 cartas escritas durante as viagens do abade feitas pela Europa e pelas Américas. Com um tom informal, de conversa entre remetente e destinatário, as narrativas trazem vivências de Penido, “esquecidas” nos arquivos do Mosteiro de São Bento, em Olinda. “Havia a ideia de digitalizar todas elas, mas também existia a intenção de compilar boa parte dos escritos e dar conhecimento a todos que se interessem pelas mensagens de fé, deixadas por Dom Basílio”, continua o escritor.

Leia também:
Livro analisa o universo fascinante da sétima arte
Documentário entrega a afetividade e bom humor do arquiteto Paulo Mendes da Rocha
Livro sobre as novas mídias na comunicação ganha lançamento no Pina
Melhores séries de 2018: relembre os lançamentos mais viciantes deste ano


Entre as cartas selecionadas, Ricardo Japiassu ressalta as que lhe chamaram mais atenção, ou como ele próprio descreveu, que “mais lhe tocou espiritualmente”. A da viagem do abade ao templo da Dormição de Nossa Senhora, em Jerusalém, e a que levou Penido a Copta, no Egito, foram algumas citadas pelo autor. “Dom Basílio estava em um período sabático quando esteve em Dormição. Eu também já estive neste mosteiro e ler o seu testemunho solidificou minha fé”, completa o autor.

Capa do livro 'Caros olindenses'

Capa do livro 'Caros olindenses' - Crédito: Reprodução



Caros Olindenses - Cartas de Dom Basílio Penido” é composto de dezesseis capítulos (cartas) e passou por revisão detalhada, que teve à frente Any Vasconcelos. Citações em hebraico, latim, alemão e italiano, entre outras línguas, foram detidamente revisadas no decorrer de pelo menos nove meses.

 

   Legado de fé

 “A missão está cumprida e o legado de fé de Dom Basílio Penido está garantido em memórias escritas no livro e as que foram digitalizadas. Ter mergulhado no universo de um homem que não teve medo de viver a sua crença, me traz o sentimento de realização”, concluiu Japiassu, que pretende retornar, em um futuro breve, com novos escritos, dessa vez de vivências próprias, que deverão ser concretizadas em peregrinação para Santiago de Compostela, na Espanha.

Serviço:
Lançamento do livro "Caros Olindense - Cartas de Dom Basílio Penido" (R$ 25), de Ricardo Japiassu
Palácio dos Manguinhos (av. Rui Barbosa, s/n, Graças)
Nesta quinta-feira (13), a partir as 17h

Veja também

Disputa por obra de Legião Urbana empata no STJ
Música

Disputa por obra de Legião Urbana empata no STJ

Valorant e League of Legends saem do ar nesta terça-feira (22)
QUEDA

Valorant e League of Legends saem do ar nesta terça-feira (22)