Cartas de Lady Di sobre os filhos são vendidas por milhares de dólares

Além das de Diana, a casa de leilão incluiu outras cartas e notas da família real

Deputado Federal João Campos, PSB-PEDeputado Federal João Campos, PSB-PE - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Cartas de Lady Di a um mordomo nas quais descreve o príncipe Harry como uma criança muito má, entre outras coisas, foram vendidas nesta quinta-feira (5) por 15.100 libras (18.800 dólares, 17.000 euros), informou a BBC.

Tratam-se de seis cartas enviadas nos anos 80 e 90 a Cyril Dickman, e fazem parte de "uma coleção única de memórias", de acordo com a casa de leilão Cheffin, responsável pela venda em Cambridge, no sul da Inglaterra.

Além das de Diana, a casa de leilão incluiu outras cartas e notas da família real endereçadas a esse mordomo que trabalhou durante 50 anos no Palácio de Buckingham.

No total, os 40 lotes alcançaram as 55 mil libras (64.500 euros, 68.300 dólares), quase cinco vezes a mais do que previsto. Em uma delas, Diana explica que o príncipe Harry, seu filho mais novo, estava "constantemente metido em confusão" na escola.

Em outra, descreve a forma como o príncipe William, segundo na linha de sucessão ao trono, reagiu ao nascimento do irmão: "adora seu irmão caçula, passa o tempo todo dando-lhe abraços e beijos".

Veja também

Saiba o que muda para Hollywood agora que a China bateu os EUA em bilheteria
Audiovisual

Saiba o que muda para Hollywood agora que a China bateu os EUA em bilheteria

A psicodelia moderna de Petrônio e as Criaturas em novo Ep
Música

A psicodelia moderna de Petrônio e as Criaturas em novo Ep