CCBB ocupa três primeiros lugares em lista de mostras mais populares de 2019

Com sedes em quatro capitais brasileiras, a instituição ocupa os três primeiros lugares da lista

Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Rio de JaneiroCentro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Rio de Janeiro - Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O Centro Cultural Banco do Brasil, o CCBB, lidera o ranking das 20 exposições mais visitadas do mundo em 2019 elaborado pela revista The Art Newspaper e divulgado nesta terça (31).

Com sedes em quatro capitais brasileiras, a instituição ocupa os três primeiros lugares da lista. Em primeiro e segundo lugar, está a sua mostra sobre o estúdio Dreamworks, que revelava em mais de 400 itens os bastidores de animações como "Shrek" (2001) e "Madagascar" (2005).

Ela teve 663 mil visitantes no espaço do centro cultural no Rio de Janeiro, com uma média de 11.380 pessoas por dia, e 605 mil visitantes em Belo Horizonte, com uma média de 9.227 pessoas por dia.

Em terceiro lugar, com um total de quase 599 mil visitantes e média de 9.172 pessoas por dia, está "Raiz", exposição do chinês Ai Weiwei exibida no CCBB carioca entre agosto e novembro do ano passado -em São Paulo, ela ocupou a Oca, no Parque Ibirapuera.

A mostra ainda é a individual mais visitada do planeta, superando os públicos de mostras do norueguês Edvard Munch e do austríaco Gustav Klimt no Museu de Arte Metropolitano de Tóquio.

Leia também:

O CCBB ainda reaparece outras duas vezes no ranking. A exposição "50 Anos de Realismo - do Fotorealismo à Realidade Virtual" ocupa o décimo lugar, tendo levado quase 357 mil visitantes ao CCBB do Rio. Em 20º, está a mostra sobre Jean-Michel Basquiat no mesmo espaço, que teve cerca de 378 mil visitantes.

Não é o primeiro ano, aliás, em que o centro cultural figura nessa lista. Em 2018, uma edição do File, Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, realizada no CCBB carioca foi a 11ª exposição mais visitada do mundo. Em 2011, foi a vez de "O Mundo Mágico de Escher", exibida no mesmo espaço, liderar o ranking.

Vale ressaltar que a lista da The Art Newspaper é elaborada de acordo com a média diária de visitantes, já que as mostras têm durações variáveis.

Além disso, ressalta o veículo, alguns museus na Ásia e na Itália estavam fechados por causa do coronavírus durante o período do levantamento, e por isso não puderam participar da pesquisa.

EXPOSIÇÕES MAIS POPULARES DE 2019
1. 'DreamWorks Animation - Uma Jornada do Esboço à Tela', CCBB Rio de Janeiro, média de 11.380 pessoas/dia
2. 'DreamWorks Animation - Uma Jornada do Esboço à Tela', CCBB Belo Horizonte, média de 9.227 pessoas/dia
3. 'Ai Wei Wei: Raíz', CCBB Rio de Janeiro, média de 9.172 pessoas/dia
4. 'Munch: uma Retrospectiva', Museu de Arte Metropolitano de Tóquio, média de 8.931 pessoas/dia
5. 'Gustav Klimt: Viena, Japão 1900', Museu de Arte Metropolitano de Tóquio, média de 7.808 pessoas/dia
6. 'Tutankâmon: Tesouros do Faraó Dourado', La Villette (Paris), média de 7.735 pessoas/dia
7. 'Templo de To-ji: Kukai e Mandala de Escultura', Museu Nacional de Tóquio, média de 7.697 pessoas/dia
8. 'Jean-Michel Basquiat/Egon Schiele', Fundação Louis Vuitton (Paris), média de 7.026 pessoas/dia
9. 'Diane Arbus: Caixa de Dez Fotografias', Smithsonian Washington, média de 6.188 pessoas/dia
10. '50 Anos de Realismo - do Fotorealismo à Realidade Virtual', CCBB Rio de Janeiro, média de 6.019 pessoas/dia

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Pokémon vai ganhar série com atores de carne e osso na Netflix
Streaming

Pokémon vai ganhar série com atores de carne e osso na Netflix

Selton Mello fala sobre interpretar Dom Pedro II: 'Favorece a curiosidade histórica'
Novela

Selton Mello fala sobre interpretar Dom Pedro II: 'Favorece a curiosidade histórica'