A-A+

Chris Evans critica 'Parada do Orgulho Hétero'

O ator continuou dizendo que "não há nada que eu tive de lutar, ou sofri, porque sou hétero. E então, não há nenhuma razão para ter orgulho disso"

Chris Evans. Chris Evans.  - Foto: Reprodução.

Chris Evans, 37, conhecido por interpretar o Capitão América, usou as redes sociais nesta quarta-feira (5) para criticar uma notícia de que três homens em Boston (EUA) tinham a intenção de fazer uma "Parada do Orgulho Hétero".

"Uau! Que iniciativa legal, parceiros!! Mas só uma ideia, ao invés de uma parada do 'Orgulho Hétero', que tal a parada do 'Estamos tentando desesperadamente esconder nossos pensamentos gays sendo homofóbicos e porque ninguém nos ensinou a lidar com emoções quando éramos crianças'? O que vocês acham? Fica muito na cara?", escreveu o ator em sua conta no Twitter.

Leia também:
Proteger-se sempre - Autodefesa psíquica
Homofobia: Não basta punir, é preciso educar

Chris Evans critica mobilização de 'Orgulho Hétero' em seu Twitter.

Chris Evans critica mobilização de 'Orgulho Hétero' em seu Twitter. - Foto: Reprodução/ Twitter.

Depois de se pronunciar, Evans explicou seu pensamento: "Para aqueles que não entendem a diferença, veja abaixo. Ao invés de ir direto para a raiva (o que é, na verdade, apenas medo do que você não entende) tire um momento para pesquisar por empatia e crescimento".

O ator continuou dizendo que "não há nada que eu tive de lutar, ou sofri, porque sou hétero. E então, não há nenhuma razão para ter orgulho disso. Grato pelo privilégio que tenho? Claro. Mas orgulho? Não vejo isso."

Evans sempre procurou defender os direitos LGBT e seu irmão mais novo, Scott Evans, é assumidamente gay.

 

Veja também

Pequena Lô comanda live sobre capacitismo no Instagram
Redes Sociais

Pequena Lô comanda live sobre capacitismo no Instagram

Sonora Coletiva: Black Music Brasileira é tema de bate-papo com Di Melo
Fundaj

Sonora Coletiva: Black Music Brasileira é tema de bate-papo com Di Melo