Artes plásticas

Christal Galeria recebe exposição Entre Safra: acervo de verão

A mostra coletiva fica disponível até o dia 5 de março

Exposição Entre Safra: acervo de verão fica em cartaz até 5 de marçoExposição Entre Safra: acervo de verão fica em cartaz até 5 de março - Foto: Divulgação

A partir deste mês de fevereiro, a Christal Galeria, no Pina, recebe a exposição coletiva "Entre Safra: acervo de verão", que reúne obras de cinco artistas - Marepe, Diego Garcez, Julieta Cavalcanti, Nelson Leirner e José Barbosa – no segundo pavilhão do espaço. O primeiro pavilhão da galeria segue com a mostra Libertar do Gesto de George Barbosa, com trabalhos exclusivos para a Christal, e que diante da grande repercussão, segue em cartaz durante este mês. As duas mostras podem ser conferidas até o dia 05 de março, com entrada gratuita.

Na exposição Entre Safra: acervo de verão todos os trabalhos foram selecionados pelos curadores Laurindo Pontes e Christiana Asfora Cavalcanti e se relacionam através da temática figurativa, apresentando retratos de pessoas, imagens icônicas da cultura pop, da religiosidade popular, além de pássaros e peixes. “O percurso traçado por nós curadores demonstra o intuito de expressar características peculiares da produção de cada um dos artistas, descrevendo alguém, algo ou uma expressão conhecida que nos coloca em estado de reflexão”, reforça a galerista Christiana Asfora Cavalcanti.

Mostra coletiva
Dentro da mostra coletiva, as obras de Marepe conduzem à cultura e à tradição de seu local de nascimento, exibindo nas aquarelas sobre papel as cores e os personagens do interior baiano. Relacionado a ele temos as obras de Julieta Cavalcanti. O trabalho de Julieta também utiliza de papel e tela, porém com tinta acrílica para expressar a tropicalidade das aves, dos pássaros e das personagens com quem convive na capital carioca.

Já a conversa que se estabelece entre Diego Garcez e Nelson Leirner vai além da técnica mista que ambos fazem uso: a distorção figurativa dos rostos que retratam é uma matéria em comum que desperta no público o olhar para as expressões e siluetas em cada detalhe das composições, levando da sobriedade ao irônico.

“Contar com a presença de um artista do peso de Nelson Leirner no acervo da galeria é de grande valia, pois representa de forma sui generis a expressão intermídia de um artista consagrado, que trazia em suas obras e ações forte teor analítico e, ao mesmo tempo, polêmico”, comenta Christiana Cavalcanti. A obra de Nelson Leirner para a exposição faz parte da série “Monalisa” ao qual o artista se dedicou a partir dos anos 2000, após fazer parte da Bienal de Veneza (1999). Neste período, suas séries se apropriavam de imagens artísticas banalizadas pela sociedade de consumo, nos colocando diante do impulso consumista.

O artista plástico olindense José Barbosa se expressa na mostra coletiva pelo entalhe da madeira, produzindo esculturas figurativas que trazem uma grande simbologia regional e popular. No suporte da madeira o artista representa diversas espécies de peixes, cada um com uma singularidade específica e toques surrealistas. Destaque para a “Peixe de Iemanjá” que comprova a qualidade técnica do artista e sua capacidade de trazer para o presente uma personagem tão fundamental para a cultura popular brasileira. Já na pintura em tela, a mesma temática da fauna marítima aparece entre paisagens litorâneas e um berço de frutas tropicais, reforçando sua influência regional em temas e tons muito representativos da potência figurativa nordestina.

Serviço:
Exposição Entre Safra - acervo de verão

Quando: Até o dia 05 de março de 2022
Local: Christal Galeria de Artes, fica na Rua Estudante Jeremias Bastos, 266, Pina.
Entrada gratuita.

 

Veja também

MIS-SP inaugura exposição inédita sobre Holocausto e a vida de Julio Gartner
são paulo

MIS-SP inaugura exposição inédita sobre Holocausto e a vida de Julio Gartner

"Kardashian russa": ex-namorada de Tom Cruise é filha de político russo influente
famosos

"Kardashian russa": ex-namorada de Tom Cruise é filha de político russo influente