FESTIVAL DE CIRCO

Cinema do Museu abriga documentários no Festival de Circo

O primeiro longa-metragem reúne depoimentos de artistas e pesquisadores de artes circenses

Letícia Sabatella conviveu com os índios da tribo Krahô para gravar “Hotxuá”Letícia Sabatella conviveu com os índios da tribo Krahô para gravar “Hotxuá” - Foto: Salete Hallack/Divulgação

Dentro da programação do Festival de Circo do Brasil, evento que segue na Cidade até o dia 13 deste mês, o segmento Mostra de Filmes apresenta, nesta terça-feira, dois documentários: “Circo é... Circo”, da diretora Daniela Cucchiarelli (às 18h30), e “Hotxuá”, de Letícia Sabatella e Gringo Cardia (às 20h) - os dois filmes serão exibidos no Cinema do Museu, no bairro de Casa Forte, com entrada gratuita.

O primeiro longa-metragem reúne depoimentos de artistas e pesquisadores de artes circenses, discutindo a relação entre o circo e outras artes. No caso dos circenses tradicionais, a formação acontece através da família, em um aprendizado que atravessa gerações, passado de pai para filho.

Também são discutidos, na produção, o risco como a estética, a memória, os diferentes espaços de apresentação e das possibilidades atuais de construções dramatúrgicas.

Já o filme “Hotxuá”, de Letícia Sabatella e Gringo Cardia, mostra o cotidiano da tribo indígena Krahô, tida como um povo alegre que tem um sacerdote específico para fazer rir.

Com bom humor e felicidade, ele fortalece e serve como elo para a sua tribo, neste longa gravado na aldeia localizada no norte do Tocantins.

 

Veja também

Demi Lovato será a apresentadora do People's Choice Awards 2020
Premiação

Demi Lovato será a apresentadora do People's Choice Awards 2020

Anitta, Gagliasso, Emicida e mais famosos criticam Bolsonaro e privatização da saúde
Brasil

Anitta, Gagliasso, Emicida e mais famosos criticam Bolsonaro e privatização da saúde