CineOlinda recebe vistoria técnica e exibe Aquarius

Ocupação do espaço público começou há uma semana e já exibiu 15 filmes, além de realizar debates e mutirões de limpeza

Na Cama com MadonnaNa Cama com Madonna - Foto: Reprodução/Instagram

"Aquarius", de Kleber Mendonça Filho, e "O Menino e o Mundo", de Ale Abreu, serão exibidos no sábado (8) na ocupação do Cine Olinda. O primeiro às 20h, o segundo, às 17h. Nesta sexta-feira (7), dia em que a ocupação completa uma semana, uma vistoria técnica foi feita no local por representantes de instituições públicas.

O Cine Olinda está fechado há mais de 50 anos e foi ocupado na última sexta-feira (30), de forma espontânea, durante um debate promovido pelo movimento #OcupeCineOlinda que acontecia na frente do equipamento cultural e pedia sua reinauguração. Os ativistas cobram a retomada das atividades do equipamento cultural.

A vistoria técnica desta sexta foi realizada pela presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Márcia Souto, e o arquiteto carioca Osvaldo Emery. O arquiteto veio do Rio de Janeiro a convite da Fundarpe para avaliar algumas estruturas culturais do estado. A conclusão parcial da reforma do Cine Olinda continua sem previsão. 

Na primeira semana de atividades, 15 filmes já foram exibidos dentro da sala. O grupo conta com doações e ações voluntárias para manter a ocupação e promove também debates e mutirões de limpeza. Às 14h desta sexta (7) o grupo convoca voluntários para mais um desses mutirões. O grupo pede que as pessoas levem almofadas para doar ao cinema, já que não há cadeiras.

Também nesta sexta, às 20h, está prevista a Sessão Plataforma Amaro Branco, com projeção de dois médias-metragens produzidos pelo veículo de comunicação comunitária da comunidade olindense Amaro Branco.

"A princípio não há nada definido sobre reintegração. A orientação no Ministério da Cultura é ter uma relação pacífica com eles. Estamos dialogando com eles todos os dias. E vamos levar da forma mais pacífica possível", disse Renata Borba, superintendente do Iphan - PE.  

O filme pernambucano "Aquarius" concorreu recentemente à Palma de Ouro no Festival de Cannes e vem colecionando elogios e recordes de público em várias cidades do mundo. Não por acaso, é um filme sobre resistência e a forma como as pessoas se relacionam com o espaço público e privado. Lançada originalmente em 2014, a animação de Ale Abreu de Melhor Animação de 2015, ao lado de filmes da Pixar e estúdios Ghibli.

Leia mais: 

Cine Olinda segue em fase de impasse 

Ocupação do Cine Olinda exibe filmes sobre eleições 

Cine Olinda é ocupado 

 

Veja também

'Fazer o certo requer coragem', diz Dani Calabresa sobre acusações contra Marcius Melhem
Assédio

'Fazer o certo requer coragem', diz Dani Calabresa sobre acusações contra Marcius Melhem

Mais de 40 filmes de terror nacionais são exibidos em mostra online
Cinema

Mais de 40 filmes de terror nacionais são exibidos em mostra online