CinePE Festival do Audiovisual divulga data e programação

Serão três mostras competitivas CinePE, além do filme brasileiro "Mulheres Alteradas" sendo exibido na noite de abertura, no dia 29 de maio

'Henfil', de Angela Zoé (RJ), está na Mostra Competitiva de Longas-Metragens'Henfil', de Angela Zoé (RJ), está na Mostra Competitiva de Longas-Metragens - Foto: Divulgação

Apostando em uma programação plural e diversa, com linguagens e narrativas diferentes, o CINE PE - Festival do Audiovisual chega a sua 22° edição. O Cinema São Luiz, localizado no bairro da Boa Vista, novamente recebe o evento, que ocorre entre 29 de maio e 4 de junho.

Leia também:
Blockbuster: impacto e entretenimento no mercado do cinema
Cinema nacional: 'Arábia' fala sobre trabalhador brasileiro
A importância do som no cinema


Serão seis longas de ficção e documentários juntos na Mostra Competitiva de Longas-Metragem, oito títulos na Mostra Competitiva de Curtas-Metragens Pernambucanos e dezesseis na Mostra Competitiva de Curtas-Metragens Nacionais. Ao todo foram 503 inscritos para as mostras, que tiveram sua programação divulgada na tarde desta quarta-feira (2), pela idealizadora do evento, Sandra Bertini.

Na edição anterior, o festival esteve envolvido em uma grande polêmica. Precisou ser adiado, em função da saída de alguns cineastas, que se sentiram incomodados com a presença do documentário "O jardim das aflições" e do longa-metragem "Real - O Plano Por Trás da História" na programação. "Não tenho nenhuma preocupação com o que aconteceu no ano passado. Foi um ponto fora da curva. Alguns esperavam que isso matasse o Cine PE, mas não aconteceu", afirma Sandra.

   Produções favoritas

Desta vez, a diretora do festival convidou para a curadoria dos filmes a consultora Edina Fujii e os críticos Edu Fernandes e Danilo Calazans. Além do júri oficial, o público poderá escolher suas produções favoritas através de um aplicativo, que pode ser baixado por Android e IOS, a partir de 15 de maio.

Outra novidade nesta edição é a criação do Cine PE Mercado e Seminários, encontro focado no mercado audiovisual, com rodadas de negócios, no mês de novembro. "Estamos desenhando todo o projeto dentro de um conceito de economia criativa. Sabemos que o Nordeste precisa escoar sua produção audiovisual e a criação de uma feira como essa, com a participação de grandes empresas, será um impulso nesse sentido", defende.

"Os príncipes", de Luiz Rosemberg Filho (RJ); "Henfil", de Angela Zoé (RJ); "Meu tio e o joelho de porco", de Rafael Terpins (SP); "Marcha cega", de Gabriel Di Giacomo (SP); "Christabel", de Alex Levy-Heller (RJ) e "Dias vazios", de Robney Bruno Almeida (GO) foram os seis longas nacionais escolhidos para a mostra competitiva. Entre os curtas pernambucanos selecionados, estão "Frequências", de Adalberto Oliveira, "Uma balada para Rocky Lane", de Djalma Galindo, e "O consertador de coisas miúdas", de Marcos Buccini.

A abertura fica por conta da estreia nacional da comédia "Mulheres alteradas", de Luis Pinheiro (SP), que participa da Mostra Hors-Concours, fora da competição. O filme traz no elenco nomes como Deborah Secco, Sérgio Guizé, Maria Casadevall e Mônica Iozzi, cujas presenças são esperadas na sessão, além de outros atores, como Alessandra Negrini. Na mesma noite, será apresentado o curta em animação "Desculpe, me afoguei", de Hussein Nakhal e David Hachby (RJ).

As homenageadas desta edição são a atriz paulista Cássia Kis Magro e a cineasta pernambucana Kátia Mesel. A diretora ganha a mostra "Kátia Mesel: 50 anos de audiovisual", no dia 3 de junho, a partir das 14h. Na ocasião, serão exibidos oito filmes dirigidos por ela, entre eles, "Sulanca", "A gira" e "Recife de dentro pra fora". O festival também faz uma homenagem institucional à programadora independente de TV por assinatura Box Brazil.


Confira a programação completa do Cine PE 2018 by Folha de Pernambuco on Scribd


"Os Príncipes", de Luiz Rosemberg Filho (RJ); "Henfil", de Angela Zoé (RJ); "Meu Tio e o Joelho de Porco", de Rafael Terpins (SP); "Marcha Cega", de Gabriel Di Giacomo (SP); "Christabel", de Alex Levy-Heller (RJ) e "Dias Vazios", de Robney Bruno Almeida (GO) foram os seis longas nacionais escolhidos para a mostra competitiva.

   Abertura

Fora da competição, o CINE PE exibe o longa "Mulheres Alteradas" na abertura do festival, na Mostra Hors-Concours, que conta em seu elenco nomes como Deborah Secco, Alessandra Negrini, Maria Casadevall e Monica Iozzi. Na mesma noite também será exibido o curta de animação "Desculpe, me afoguei", de Hussein Nakhal e David Hachby (RJ).

Serviço:
Os ingressos serão postos à venda na bilheteria do Cinema São Luiz, dois dias antes de cada sessão.

Cinema São Luiz:
3184-3157

Veja também

Bruno, da dupla com Marrone, publica foto ao lado de foragido da Justiça
Famosos

Bruno, da dupla com Marrone, publica foto ao lado de foragido da Justiça

Quero abraçá-lo e dizer que o amo, diz pai de Gilberto ao reaparecer após 15 anos
BBB 21

Quero abraçá-lo e dizer que o amo, diz pai de Gilberto ao reaparecer após 15 anos