Galeria de Arte

Com mercado aquecido, Recife vê novas galerias de arte surgirem

Espaços de arte foram exceção em meio à crise no setor cultural desde o início da pandemia da Covid-19

Galeria 180ArtsGaleria 180Arts - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

De 2021 para cá, o Recife vem multiplicando o seu número de galerias de arte, com novos espaços sendo abertos na Zona Sul, na Zona Norte e no Centro. Tais empreendimentos representam um momento diferente para o mercado das artes na cidade, que tem andado aquecido desde a pandemia de Covid-19.

Foi em meio à crise sanitária global que a empresária Christiana Asfora Cavalcanti encontrou o local ideal para concretizar o sonho de abrir uma galeria de arte, algo que idealizava desde 2017. A casa de 300 metros quadrados, construída em 1941 e localizada no bairro do Pina, passou por uma reforma para, em janeiro do ano passado, abrir as portas como a Christal Galeria, abrigando ainda um café, onde apresentações musicais são realizadas periodicamente. 

 

Christal GaleriaChristal Galeria            Crédito: Melissa Fernandes/Folha de Pernambuco

Depois de um ano de funcionamento, a proprietária sente que vem conseguindo estabelecer o nome da galeria em um cenário com cada vez mais concorrentes. Na curadoria do acervo e das exposições, ela conta com a colaboração de Stella Mendes, historiadora e gestora cultural com passagem pelo Masp. Atualmente, as paredes do espaço estão sendo ocupadas por obras do xilogravurista J. Borges, em cartaz até o dia 30 de julho. 

 

Outra galeria que nasceu para o público em 2021, também na Zona Sul, foi a Marco Zero. Capitaneado por Marcelle Farias e Eduardo Suassuna, o empreendimento funciona em um imóvel com 600 metros quadrados, em Boa Viagem, oferecendo três ambientes expositivos. Desde a sua inauguração, o espaço recebeu somente exposições de grandes nomes das artes visuais no Nordeste, como Gilvan Samico, Tereza Costa Rêgo e, neste momento, João Câmara.

 

Marco Zero              Crédito: Deyvson Nunes/Divulgação

"Nosso foco inicial é o mercado secundário, que é o de revenda de obras de arte. Com muita responsabilidade e planejamento, estamos iniciando um trabalho no mercado primário, que é o da representação de artistas, que queremos fazer da forma mais ética possível", explica Marcelle. Ela adianta que, no mês de agosto, a galeria vai receber uma exposição em comemoração aos 90 anos do artista plástico pernambucano José Cláudio, com curadoria de Clarissa Diniz. 

Espaço para múltiplos e séries
A Número Galeria, também localizada em Boa Viagem, foi criada com um perfil bastante específico. Eduardo Gaudêncio e Ricardo Lyra, criadores da plataforma de comercialização de obras de arte online SpotArt, se uniram à marchand Lúcia Costa Santos (Amparo 60) para tirarem do papel a ideia de uma galeria especializada na venda de múltiplos e séries. No acervo, estão peças assinadas por nomes como Marcelo Silveira, Paulo Bruscky e Márcio Almeida. 
 

Número Galeria        Crédito: Américo Nunes/Divulgação

"Recebemos da CasaCor, no ano passado, o convite para desenvolvermos um modelo de galeria pop-up. Foi uma forma de experimentar uma ideia que a gente já tinha e acabou dando muito certo. O grande diferencial dos múltiplos e séries é que, pela quantidade de tiragem, o comprador pode adquirir uma obra de um grande artista por valores mais acessíveis", diz Eduardo. 

Espaço para artistas emergentes
No mesmo mês em que a Número abria as suas portas, em março deste ano, outra galeria era inaugurada no bairro do Recife. Ocupando o primeiro andar de um imóvel na rua da Guia, a 180Arts tem como foco a divulgação do trabalho de artistas emergentes.
 

Galeria 180Arts                     Crédito: Arthur Mota/Folha de Pernambuco


"Nossa proposta é atingir quem está começando agora e não é alcançado pelas galerias tradicionais, dando a oportunidade de ter a sua arte exposta", afirma Tiago Monteiro, que administra o local em parceria com a sócia, Yasmin Batista. Até 11 de junho, o artista visual Heron Azul de Barros realiza a sua primeira exposição individual no local.

Quem também tem mirado em novos nomes das artes visuais é a arquiteta Cecília Alves, que abriu um espaço físico para a sua Cecí Galeria em novembro do ano passado, na Tamarineira, após uma experiência bem-sucedida comercializando obras através do Instagram
 

Ceci Galeria             Crédito: Tiago Lubambo/Divulgação

"O espaço surgiu como um escritório, para conseguir armazenar adequadamente as peças e receber clientes, artistas e prestadores de serviço, já que a minha casa não dava mais conta da demanda. Fiz uma primeira exposição para inaugurar, mas logo surgiu a necessidade de outras", aponta a dona da galeria, onde a mostra "A Razão e o Sublime", de Silvio Zancheti e Raul Córdula, pode ser conferida até o dia 2 de junho. 

Armando Garrido, que comanda a Garrido Galeria desde 2018, vê com bons olhos o surgimento de novos empreendimentos no setor artístico. Ele próprio expandiu seu negócio, se juntando ao empresário e colecionador João Marinho para criar a Garrido Marinho, extensão da sua galeria em Boa Viagem. 

"A pandemia aqueceu o mercado de artes. Por conta do isolamento, os consumidores voltaram seus olhares para dentro de casa, comprando mais obras. Alguns perceberam esse movimento e se lançaram no mercado, o que acho bem saudável para todos e só me estimula", observa Armando.

Serviço

Número Galeria
Onde: Rua Professor Eduardo Wanderley Filho, 187 - 2° andar - Boa Viagem
Visitas: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h; e sábado, das 10h às 15h
Instagram: @numerogaleria 

Galeria Marco Zero
Onde: Av. Domingos Ferreira, 3393, Boa Viagem
Visitas: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h; sábado e domingo, das 10h às 17h
Instagram: @galeriamarcozero  

Christal Galeria
Onde: Onde: Rua Est. Jeremias Bastos, 266, Pina
Visitas: De terça-feira a sábado, das 10h às 19h
Instagram: @christalgaleria  

Galeria 180Arts 
Onde: Rua da Guia, 207 - 1° Andar - Bairro do Recife
Visitas: De quarta a sexta-feira, das 10h às 18h
Instagram: @galeria180arts  

Cecí Galeria
Onde: Estrada do Arraial, 2541 - sala 102 - Tamarineira
Visitas: De segunda-feira a sábado, das 15h às 19h
Instagram: @ceci_galeria  

Garrido Marinho
Onde: R. Prof. José Brandão, 163, Boa Viagem
Visitas: De segunda a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 14h (agendadas)
Instagram: @garridogaleria 
 

Veja também

Amazon anuncia 7ª edição do Prêmio Kindle de Literatura
Livros

Amazon anuncia 7ª edição do Prêmio Kindle de Literatura

Seminário na Fundaj aborda o bicentenário da Independência do Brasil
Evento

Seminário na Fundaj aborda o bicentenário da Independência do Brasil