Com orçamento reduzido, Janeiro de Grandes Espetáculos chega a 23ª edição

Festival de artes cênicas e música ocorre entre 12 e 29 de janeiro em teatros do Recife e Olinda

17º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, realizado na noite de terça-feira (13), em Costa do Sauípe, Bahia.17º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, realizado na noite de terça-feira (13), em Costa do Sauípe, Bahia. - Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Principal festival de teatro de Pernambuco, o Janeiro de Grandes Espetáculos chega à sua 23ª edição graças ao esforço e à criatividade dos artistas que, segundo Paula de Renor, atriz e uma das produtoras do evento, arregaçaram as mangas e têm trabalhado duro para realizá-lo.

Com o cenário econômico do País embaraçado e o orçamento total de R$ 400 mil, ante os R$ 900 mil captados no ano passado, resultado também do incentivo do Governo do Estado, por meio do Funcultura, do apoio do Sesc Pernambuco e copatrocínio da Prefeitura do Recife - foi preciso persistência para elaborá-lo.

“Somos insistentes e resistentes e, apesar da crise, não abrimos mão de fazer o festival durante todo o mês de janeiro, que já é considerado nosso.

Quanto menos captação e apoio financeiro, mais temos o apoio da classe artística. E o mérito será todo dos artistas, que são os nosso maiores parceiros”, ressaltou.
Ao todo, 58 diferentes produções entre dança, teatro, circo, shows musicais, atrações infantis e oficinas, compõem a programação do evento, que começa no próximo dia 12 e segue até o dia 29.

“O Janeiro contará com uma grade diversa e trará temas que levarão o espectador às reflexões política e social. Além disso, iremos propor um discurso sobre a diversidade e ainda valorizar produções locais”, afirmou.

Uma das novidades nesta edição é a aposta que o festival fez em estreias de produções pernambucanas. Serão dez novos espetáculos, sendo três de dança, seis de teatro adulto e um infantil, além de uma leitura inédita dramatizada.

“Nosso objetivo é dar visibilidade à produção local. Teremos menos espetáculos nacionais do que no ano passado”, acrescentou Paula.

Entre outros destaques do festival, segundo ela, está a montagem “O Avesso do Claustro”, um musical que conta a trajetória de Dom Helder Câmara, arcebispo emérito de Olinda e Recife. O espetáculo, que tem orientação teórica de Frei Betto, é produzido pela Cia. do Tijolo, uma das mais respeitadas de São Paulo.

“Ele será o presen­te que o Janeiro dará aos pernambucanos. O espetáculo cha­ma a atenção não só porque é grande, mas pela temá­tica, por trazer a vida e o pensamento de Dom Hélder. E o curioso é que ele já se apresentou em muitas cidades do País, mas será a primeira vez que estará no Recife e estamos fazendo um esforço enorme para proporcioná-lo”, afirmou a produtora.

Haverá ainda o lançamento de um acervo online do Balé Popular do Recife e um videodocumentário, uma exposição de quadros do artista Cleusson Vieira, três oficinas e um workshop, e uma programação paralela que reúne mais dez espetáculos, com destaque para a estreia de “A Gaivota”, de Tché­khov, por atores-alunos do Cur­so de Interpretação para Teatro do Sesc Piedade e mostras no Espaço O Poste, Teatro Mamulengo e Espaço Cênicas, três saraus de artes, do Grupo de Teatro João Teimoso, e o lançamento de uma videodança e pesquisa da Cia. Etc.

O festival ocupará 14 espaços culturais diferentes entre Recife e Caruaru. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente pelo site ou na central de vendas que funcionará no Teatro de Santa Isabel, diariamente, das 9h às 16h, dias antes do evento.

Janeiro de Grandes Espetáculos
Quando: De 12 a 29 de janeiro
Onde: teatros do Recife e Olinda
Quanto: Ingressos podem ser adquiridos no site (compreingressos.com) ou na central de vendas do Teatro de Santa Isabel
Informações: (81) 3421-8456

 

Veja também

Tiago Leifert celebra 'participantes abertos ao jogo' e projeta melhor edição
Reality Show

Tiago Leifert celebra 'participantes abertos ao jogo' e projeta melhor edição

Olhe Pro Céu é o novo single de Severino Ayres
Música

Olhe Pro Céu é o novo single de Severino Ayres