Cultura+

Com tema carnavalesco, Centro do Recife recebe segunda edição do Sextou no Cais

Projeto acontece nesta sexta (31) até as 17h e traz uma programação especial e gratuita

Venda de peças afro no Cais de Santa RitaVenda de peças afro no Cais de Santa Rita - Foto: Lidiane Mota / Folha de Pernambuco

A segunda edição do projeto Sextou no Cais é realizado nesta sexta-feira (31), até as 17h, no Novo Centro de Comércio do Cais de Santa Rita, no bairro de São José, no Centro do Recife. Com uma programação gratuita, o evento conta com exposição de roupas afro, desfiles de moda, ateliê de customização de fantasias, apresentações musicais, prestação de serviços de saúde.

Entre as atrações culturais que integram a programação, estão a Orquestra de Frevo da Bomba do Hemetério, Orquestra Frevou no Pina e MC Bolado [a programação completa está ao fim do texto]. Há também prestação de serviços, como testes de glicemia, aferição de pressão arterial, higienização bucal, assistência jurídica, palestras sobre higienização e cuidados com alimentos. No início do evento aconteceu a tradicional bênção de São Félix.

Leia também:
Exposição de estamparia 'Brise' se inspira na arquitetura moderna
Funarte anuncia orçamento de R$ 38 milhões e sistema nacional de orquestras sociais
Com Otto e Nação Zumbi, Olinda divulga programação do Carnaval 2020   

No espaço Oficina do Cais, o estilista senegalês Lassana Mangassouba expõe e vende suas peças com inspiração afro e tecidos exclusivos vindos do Senegal. Para o estilista, que está no Brasil há quatro anos e mora em Pernambuco há três, a oportunidade de expor o trabalho no Cais Santa Rita é fundamental para propagar a cultura senegalesa. “Hoje eu estou muito feliz porque eu vou mostrar um pouco do meu trabalho e da minha cultura africana para o povo Pernambucano”, afirmou Lassana.

A grande novidade desta edição é o Ateliê do Cais, onde costureiras estarão disponíveis para customizar roupas e fantasias para o Carnaval, além de aderecistas que confeccionam peças exclusivas. O espaço Oficina do Cais deve permanecer até o Carnaval, abrindo de segunda a sexta, das 8h às 17h.

“A proposta do Sextou no Cais é transformar este projeto em um calendário cultural e artístico da cidade. A gente vai trabalhar a memória afetiva cultural do local. Agora estamos celebrando o Carnaval; em seguida, teremos o período junino e, assim, seguiremos na tentativa de atrair as pessoas para o novo cais”, afirmou Efrem Aragão, gestor de monitoramento da Secretaria de Mobilidade Urbana do Recife.

O projeto Sextou no Cais teve início em dezembro de 2019 e segue durante todo o ano de 2020 promovendo uma programação cultural especial no Novo Cais de Santa Rita a cada última sexta-feira de todo mês.

Confira a programação completa do Sextou no Cais: 
8h às 12h - Arte Educação sobre Trânsito
9h às 9h30 - Benção de São Félix
9h às 16h - Testes de glicemia, aferição de pressão arterial, palestras sobre higienização e cuidados com alimentos
10h às 11h - Desfiles de Moda
10h às 11h - Assistência Jurídica
10h às 12h - Orquestra Imperial da Bomba do Hemetério
15h às 17h - Orquestra Frevou no Pina, com Passistas
12h às 15h - MCBolado

Veja também

Sueco Ruben Ostlund ganha sua segunda Palma de Ouro por 'Triangle of Sadness'
Festival de Cannes

Sueco Ruben Ostlund ganha sua segunda Palma de Ouro por 'Triangle of Sadness'

Adiada a segunda noite de show de Caetano Veloso no Guararapes
Música

Adiada a segunda noite de show de Caetano Veloso no Guararapes