Companhia de Dança Artefolia leva o frevo pernambucano para os Estados Unidos

Grupo embarca nesta quarta-feira (23), com equipe de dez pessoas, sendo seis bailarinos do elenco do espetáculo "Preto no Branco"

Bailarinos de "Preto no Branco"Bailarinos de "Preto no Branco" - Foto: Maria Nilo/Folha de Pernambuco

Em sua primeira turnê internacional, a Companhia de Dança Artefolia têm apresentações, palestras e oficinas sobre o frevo programadas para o período que vai desta quarta-feira (23) até 12 de setembro, em quatro cidades da costa oeste dos Estados Unidos – Berkeley, San Francisco, San Diego e Los Angeles. Intitulada “Conexão Califórnia” a turnê levará dez pessoas para os Estados Unidos. Deste total, seis são bailarinos que irão realizar o espetáculo “Preto no Branco”.

A apresentação trata sobre as diversas fases da evolução do frevo, abordando desde o seu surgimento até os dias atuais. A intenção é divulgar o frevo em outros lugares, mostrando o ritmo não apenas como forma de entretenimento carnavalesco, mas também como parte importante da cultura brasileira. E que pode ter espaço na cultura o ano inteiro.

“Poder viajar por um trabalho de dança neste momento que o País está vivendo, tão difícil, é uma forma de resistência, a gente vai ocupar (os espaços)”, conta a assessora artística da Artefolia, Anne Costa.

Leia também:
Vias da Dança completa 25 anos de palco e faz sua primeira circulação internacional
Exposição "O corpo fala" abre a Mostra Brasileira de Dança no Centro Cultural Correios
Debate e espetáculos movimentam a edição deste ano da Mostra Brasileira de Dança


Além da apresentação, o Artefolia ainda desenvolverá oficinas de danças populares brasileiras e palestras ministradas pela pesquisadora Carmem Lélis, que participou nos processos de inscrição do frevo como Patrimônio Cultural do Brasil (pelo instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan) e Patrimônio Imaterial da Humanidade (Unesco), sobre a salvaguarda do frevo.

Segundo Anne, o grupo está feliz com a possibilidade de levar o frevo pernambucano além das fronteiras do Brasil. “Ansiedade pura, está todo mundo bem animado. Para muitos, é a primeira viagem internacional”, afirmou, “esse encontro promete”.

O espetáculo “Preto no Branco” estreou em 2017 e teve concepção e direção artística de Marília Rameh e coreografia de Ivaldo Mendonça, Célia Meira e da própria Marília Rameh. O projeto conta com o apoio do Funcultura, da Fundarpe e da Secretaria de Cultura do Governo de Pernambuco.

Veja também

Morre Victor Moreira, figurinista e cenógrafo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém
Luto

Morre Victor Moreira, figurinista e cenógrafo da Paixão de Cristo

'Cidade Invisível', 'Relatos do Mundo', com Tom Hanks, e 'Scarface' chegam à Netflix
Streaming

'Cidade Invisível', 'Relatos do Mundo', com Tom Hanks, e 'Scarface' chegam à Netflix