Pernambuco

Confira os 50 projetos culturais aprovados no 5º Edital do Funcultura da Música

Distribuído em nove categorias, a quinta edição do edital injetará mais de R$ 4 milhões na cadeia produtiva do Estado

5º Funcultura da Música anunciou os projetos aprovados5º Funcultura da Música anunciou os projetos aprovados - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), anunciou, nesta terça-feira (30), o resultado final do 5º Edital do Programa de Fomento à Produção em Música de Pernambuco - Funcultura 2020/2021.

Destinada à seleção de projetos culturais oriundos da produção independente da cadeia musical pernambucana, em sua quinta edição, a iniciativa contemplou 50 propostas, divididas em nove categorias: Circulação (9); Festivais (6); Gravação (9); Produtos e Conteúdos (8); Economia da Cultura (4); Manutenção de Bandas de Música (Filarmônicas), Escolas de Bandas de Música e Corais (2); Difusão da Rede de Equipamentos do Estado (3); Formação e Capacitação em Música (6); Pesquisa Cultural em Música (3). O valor total dos projetos aprovados somam R$ 4,16 milhões, que passarão a ser injetados na cadeia produtiva da música, a partir do próximo ano. Clique aqui e confira a lista dos projetos aprovados.

"O Funcultura é o principal mecanismo de fomento e difusão da produção cultural no Estado. Não à toa, se somarmos todos os editais do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura, contamos com cerca de R$ 37 milhões destinados exclusivamente à cultura. Seu modelo de gestão compartilhada entre o poder público e entidades da sociedade civil que representam a classe artística, confere a cada nova edição um caráter mais democrático, plural e transparente ao processo de seleção dos projetos que são aprovados", diz o presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto.

Regionalização
Na edição do edital 2020-2021, o Funcultura passou a prever cotas de aprovação regionalizada, política que demonstrou-se eficaz para a desconcentração regional do fomento e incentivo à cultura em todo o Estado. Reunindo todos os projetos aprovados no resultado final dessa quinta edição, 56% foram propostos por produtores oriundos do interior. Segundo o superintendente em exercício do Funcultura, Mário Jarbas Lima, "com esse resultado, é possível afirmar que a distribuição territorial das aprovações foi desconcentrada, considerando que aproximadamente 45% da população do Estado está na RMR, e considerando também que 70% da demanda concentra-se nessa região".

Diversidade e acessibilidade
A diversidade racial e de gênero também foi destaque no resultado do 5º Edital do Funcultura da Música. 74% (37) dos projetos aprovados foram propostos por pessoas autodeclaradas negras. Já no recorte de gênero, 54% (27) das iniciativas contempladas foram apresentadas por mulheres. Vale destacar ainda que 92% dos projetos contemplados (46) apresentam, ao menos, uma estratégia de acessibilidade comunicacional voltada para pessoas com deficiência.

"Como sempre estamos em diálogo com a sociedade civil, é natural que os editais do Funcultura absorvam e materializem as demandas de grupos e segmentos que, historicamente, nem sempre foram contemplados pelos recursos das leis de incentivo à cultura. O nosso papel, enquanto gestão pública, é ouvir as reivindicações e criar mecanismos para que cada vez mais pessoas possam acessar, produzir e fazer circular sua produção cultural", ressalta Canuto.

Veja também

São João de Caruaru 2024 começa nesta sexta (19), com shows na zona rural da cidade
SÃO JOÃO 2024

São João de Caruaru 2024 começa nesta sexta (19), com shows na zona rural da cidade

Boninho para Matteus: "Cara, você é uma graça. Superbacana"
bbb24

Boninho para Matteus: "Cara, você é uma graça. Superbacana"

Newsletter