CULINÁRIA

Conheça dona Maria do Bolo, a responsável pelo maior Pé de Moleque do mundo

Com mais de 25 metros , a iguaria deu início ao circuito e Comidas Gigantes na última sexta (9) no bairro de Rendeiras, em Caruaru, agreste de Pernambuco

Dona Maria do BoloDona Maria do Bolo - Foto: Ademar Filho

Entre todas as comidas clássicas das festas juninas, como canjica, bolos de fubá e milho, um dos favoritos é o pé de moleque. Uma das versões mais famosas desse doce é que acontece no circuito de Comidas Gigantes, que começou na noite da última sexta-feira (9).

O evento faz parte da tradição do São João de Caruaru, agreste de Pernambuco, há mais de 20 anos. A festividade teve início com o famoso maior pé de moleque do mundo, um quitute com mais de 25 metros de comprimento.

A criadora desse prato típico é Dona Maria Eugênia da Silva, uma mulher de 77 anos. A história dela com essa iguaria começou na Casa Maria do Bolo, na praça da Mocidade, localizada no bairro de Rendeiras, que ela comanda desde 1998.

Dona Maria do Bolo, como é conhecida na região, é natural de Santa Maria do Cambucá, também no agreste pernambucano, a cerca de 54 km de Caruaru. Na década de 1960, ainda adolescente, ela deixou o Sítio Baixio, onde nasceu, para trabalhar como doméstica na "Capital do Forró".

Antes de se tornar famosa na região e bater recordes com seu pé de moleque, a pernambucana não sabia como fazer sobremesas, mas lembra que um dia, antes de dormir, pediu para aprender em suas orações.

"Eu não sabia as receitas, mas Deus me ensinava", conta ela, que acordava e anotava tudo em um caderno.

A tradição do pé de moleque gigante começou em 2001, quando o primeiro doce tinha "apenas"  3 metros de comprimento e pesava aproximadamente 500 kg. Desde então, ele não parou de crescer ano após ano.

Em 2018, devido ao seu empreendedorismo e importância cultural, Dona Maria recebeu o título de Cidadã de Caruaru pela Câmara de Vereadores.

O Maior Pé de Moleque do Mundo, é claro, pede uma receita à sua altura e grandiosidade. Na última edição, para produzir o bolo gigante, foram utilizados 250 kg de margarina Primor, 800 kg de massa de mandioca, 300 kg de açúcar, 3.600 ovos, 18 kg de cravo, 18 kg de canela, 18 kg de erva-doce, 90 kg de chocolate em pó, 70 kg de goiabada e 80 kg de coco ralado.

O evento, patrocinado pela margarina Primor, continua amanhã com o Cuscuz Gigante do seu José Augusto (11). Outro destaque será o Bolo de Rolo Gigante da Dona Alda, marcado para o próximo sábado (17).

Veja também

Morre estilista francês Claude Montana, aos 76 anos
LUTO

Morre estilista francês Claude Montana, aos 76 anos

''Estava num dia ruim'', satiriza Valentina Bandeira após saída do quadro ''Bate-Papo BBB''
BBB 24

''Estava num dia ruim'', satiriza Valentina Bandeira após saída do quadro ''Bate-Papo BBB''