A-A+

Cortejo lembra os 57 anos da morte do Mestre Vitalino

Estavam presentes na homenagem, a família do artista e artesãos do Alto do Moura

Cortejo em homenagem ao Mestre VitalinoCortejo em homenagem ao Mestre Vitalino - Foto: Divulgação

Em lembrança aos 57 anos da morte do Mestre Vitalino, a Prefeitura de Caruaru realizou, nesta segunda-feira (20), um cortejo no Cemitério Dom Bosco, local onde o corpo do artesão foi enterrado.

Estiveram presentes na homenagem a família e os artesãos do Alto do Moura. “O Alto do Moura tem seu destaque a partir desse trabalho, que começou com meu avô. Hoje a gente se sente com um compromisso com a nossa cidade, o nosso bairro, a nossa cultura, para não deixar esse legado acabar”, conta Emanuel Vitalino Neto. 

Leia também:
Dia do artesão celebra a importância da cultura popular
Fenearte: governo oferece incentivo para produção de artesãos

“Esse momento relembrando a figura de Vitalino demonstra o quanto ele foi mestre. Passou sua arte para que todos pudessem ter qualidade de vida. Vitalino é mestre não só na arte do barro, mas na arte da vida”, destacou o presidente da Fundação de Cultura e Turismo (FCTC), Rubens Júnior.

No próximo domingo (26), durante a festa de São Sebastião, haverá, oficialmente, o tradicional cortejo do Alto do Moura em homenagem a Vitalino.

Veja também

Casa da Cultura recebe apresentações carnavalescas

Casa da Cultura recebe apresentações carnavalescas

Governo lança campanha de apoio voltada à atividade circense
Circo

Governo lança campanha de apoio voltada à atividade circense