Crítica: Empolgante e divertido, 'Shazam!' é acerto da DC

Filme que ganha as salas de cinema a partir desta quinta-feira (4), acerta e promete ser sucesso de bilheteria com trama empolgante e divertida, com pegada adolescente

Billy Batson (Asher Angel) e Shazam! (Zachary Levi): lição sobre superpoderes e novas responsabilidadesBilly Batson (Asher Angel) e Shazam! (Zachary Levi): lição sobre superpoderes e novas responsabilidades - Foto: Warner Bros./Divulgação

Querer ser um super-herói faz parte do imaginário de muitas crianças e adolescentes. Muitos cresceram e seguem consumindo produtos do universo dos quadrinhos que ganharam as telinhas e telonas nos últimos anos com adaptações cinematográficas de encher os olhos e os bolsos dos grandes estúdios. A brincadeira também é séria, e adultos continuam sonhando em ter superpoderes e salvar o mundo dos perigos do mal representado nas figuras dos super-vilões.

Esse mote é presente no enredo de “Shazam!”, filme estrelado por Zachary Levi (o agente secreto Chuck, da série homônima de 2007) que estreia nesta quinta-feira (4) nas salas de cinema mundiais. O longa-metragem é o primeiro da DC Comics após o impecável “Aquaman” e mais um na rota da companhia de tentar deixar de lado o tom sombrio que norteou grandes clássicos recentes do estúdio, como as adaptações de “Batman vs. Superman”, “Liga da Justiça” e “Mulher Maravilha”. O diretor David F. Sandberg acertou em cheio no equilíbrio da história e traz uma produção empolgante, divertida e com um enredo redondo que prende a atenção do espectador durante toda a exibição.

Leia também:
Assista ao novo trailer de 'Vingadores: Ultimato'
'Aquaman' se torna a maior bilheteria mundial da DC
HQ do Demolidor associa vilão que espalha 'fake news' a Bolsonaro
Hollywood homenageia mestre dos quadrinhos Stan Lee

“Shazam!”
começa explicando de onde vem os poderes que são resumidos no anagrama do título: a sabedoria de Salomão, a força de Hércules, o vigor de Atlas, o poder de Zeus, a coragem de Aquiles e a velocidade de Mercúrio. Ainda criança, Thaddeus Sivana (Mark Strong na fase adulta), se vê subjugado pelos próprios pai e irmão. Ele carrega os sentimentos de culpa e menosprezo e busca adquirir os poderes da magia que são guardados pelo Mago Shazam (Djimon Hounsou), uma entidade que vive em uma caverna mágica conhecida como Pedra da Eternidade, onde estão as estátuas que guardam os sete pecados capitais. O mago tem a função de eleger uma pessoa “pura de coração” para entregar os poderes do Shazam e se tornar o Campeão da Humanidade.

Mark Strong vive Thaddeus Sivana em 'Shazam!'

Mark Strong vive Thaddeus Sivana em 'Shazam!' - Foto: Warner Bros./Divulgação

Billy Batson (Asher Angel) é a última escolha do mago para receber tais dons. O filme nos mostra como protagonista um garoto solitário de 14 anos que vive em casas de acolhimento e fugiu dezenas de vezes para tentar encontrar a mãe biológica, de quem se perdeu e com quem não tem contato desde pequeno. Cabe ao personagem de Asher desenvolver parte do enredo dramático da história. O desfecho desse arco é sucinto e deixa a desejar um pouco, mas nada que prejudique muito o desenvolvimento do filme como um todo. Ao longo das pouco mais de duas horas de tela, o espectador acompanha o amadurecimento de Billy e como ele começa a entender melhor a família. Após ser escolhido pelo Mago Shazam, o garoto precisa aprender a administrar os poderes e entender as novas responsabilidades.

É ao lado de Freddy (Jack Dylan Grazer), um dos seus novos irmãos de acolhimento, que ele tenta entender as suas obrigações como um super-herói. De salvar pessoas de um acidente de ônibus a tentar vencer o supervilão Thaddeus, que tem os mesmos poderes do Shazam, mas não os usa para coisas boas. No meio de tudo isso, são várias as passagens que nos mostram Billy e Freddy buscando moldar os poderes, decidindo o nome e aprendendo que é preciso dizer “Shazam!” para realizar a transição entre o menino e sua versão adulta e super-herói. Adolescente em sua essência, o filme entrega uma excelente atuação dos personagens principais, sobretudo Levi, que foi uma escolha acertada para dar vida ao protagonista. Cheio de ótimas referências ao Universo Estendido DC, “Shazam!” vale a pena o ingresso.

Cotação: Bom

Assista ao trailer do filme:

 

Veja também

Kalimann: antes de estreia como atriz sente mesma sensação da véspera do BBB
Televisão

Kalimann: antes de estreia como atriz sente mesma sensação da véspera do BBB

Nego Di e Lucas Penteado vencem prova de imunidade no BBB 21
Reality

Nego Di e Lucas Penteado vencem prova de imunidade no BBB 21