'Democracia em Vertigem' é indicado ao Oscar; confira outros brasileiros que disputaram a estatueta

Documentário brasileiro é um dos cinco indicados a Melhor Documentário em Longa-metragem

'O Pagador de Promessas' foi o primeiro filme brasileiro a ser indicado, em 1963'O Pagador de Promessas' foi o primeiro filme brasileiro a ser indicado, em 1963 - Foto: Reprodução

O documentário "Democracia em Vertigem", da diretora Petra Costa, garantiu um lugar na lista de indicados ao Oscar na categoria Documentário em Longa-Metragem. Com produção da Netflix, o longa revê os últimos anos da política brasileira, do governo Lula ao impeachment de Dilma Rousseff, sob uma ótica pessoal. A premiação acontece no dia 9 de fevereiro, em Los Angeles. 

O longa concorre com "American Factory" (Estados Unidos), "The Cave" (Irlanda e Tailândia), "Honeyland" (Macedônia) e "For Sama" (Reino Unido e Síria).

Leia também:
'Coringa' lidera indicações ao Oscar; confira a lista completa dos indicados

O filme é o primeiro brasileiro a ser indicado na categoria. Anteriormente, quatro filmes nacionais haviam sido indicados ao prêmio de melhor filme estrangeiro: O Pagador de Promessas (1963), O Quatrilho (1996), O Que É Isso, Companheiro? (1997) e Central do Brasil (1999). Em 2016, o filme O Menino e o Mundo foi indicado à categoria de melhor animação. Uma História de Futebol, de Paulo Machline, foi indicado ao prêmio de melhor curta-metragem em Live-action em 2001.

Cidade de Deus, de Fernando Meirelles, foi o filme com mais indicações. Em 2004, o longa concorreu em quatro categorias (melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor edição e melhor fotografia). Além dos sete filmes listados, outras oito coproduções brasileiras já concorreram à estatueta. 

Veja também

Instagram deleta conta de deputado que xingou AnittaRedes

Instagram deleta conta de deputado que xingou Anitta

Pela primeira vez, uma obra de Banksy será leiloada na América LatinaArte

Pela primeira vez, uma obra de Banksy será leiloada na América Latina