Cultura+

Desfile promove a valorização da moda inclusiva na Torre Malakoff

Evento reúne onze marcas pernambucanas nesta quinta-feira (16)

Onze marcas desfilam nesta quinta-feira (16) em passarela montada na Torre MalakoffOnze marcas desfilam nesta quinta-feira (16) em passarela montada na Torre Malakoff - Foto: Jan Ribeiro/Fundarpe/Secult-PE

O charme das passarelas toma conta da Torre Malakoff, no Bairro do Recife, nesta quinta-feira (16), com o desfile carnavalesco do “Todxs na Moda – Gente é pra Brilhar e Boneco Também”. No catwalk, a proposta é de uma moda democrática e inclusiva, que abrace todos os tipos de corpos e de gostos. O desfile terá coleções de Carnaval de onze marcas pernambucanas e começa às 19h30.

No formato “see now, buy now” (veja agora, compre agora), os itens de vestuário e acessórios das marcas Xuruca Pacheco, Conttém Glitter, Banana Split, Território Lamparina, Coreto, Carnavalizei, Rainha da Cocada, Aladê, Vitalina, Abacaxi de Praia e Alalaô poderão ser adquiridos na hora. De acordo com a organização do evento, todos os modelos foram pensados para mostrar a diversidade dos corpos, que fica evidenciado na pluralidade do Carnaval em si.

Apoiando o projeto e desfilando na passarela estarão os cantores Almério, Romero Ferro e Almir Rouche, além das atrizes Hermila Guedes e Nínive Caldas. Maria Clara de Sena, que ganhou o Prêmio Claudia de Políticas Públicas também estará no desfile.

O desfile é promovido pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e pela Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult - PE).

BONECOS GIGANTES - Outra atração do desfile será a participação de dez bonecos gigantes de Olinda, como a Mulher do Dia, Homelhada, Katarina, Trans e Maria Batalhão.

Confira um pouco das marcas que participarão do evento:

Banana Split - Marca de acessórios que produz peças combinando os processos digitais e manuais de fabricação.

Abacaxi de Praia - Nascida em 2014, a marca traz um estilo tropical, misturando a leveza dos tecidos naturais, com cores alegres e estampas.

Carnavalizei – Com peças feitas à mão, cortadas e costuradas uma a uma, em slowfashion, estimulando a produção local.

Alalaô – Da cidade de Pesqueira, a marca de acessórios para o Carnaval traz enfeites de cabeças, flores de cabelos e tem a proposta de transformar pessoas em seres mágicos.

Rainha da Cocada – De roupas femininas, a grife traz peças confortáveis e versáteis, por meio de tecidos naturais, modelagens exclusivas e estampas digitais.

Coreto – Com modelagens inspiradas na década de 20, a marca tem um acabamento mais sofisticado e um ar mais glamuroso, com um trabalho artesanal e bordados feitos à mão.

Território Lamparina – Com mergulhos em universos específicos, a marca investiu, nos primeiros meses de 2017, no Carnaval, com adereços e fantasias.

Contém Glitter – a marca de acessórios traz porções de glitter em forma de colar e tubinhos para levar para onde quiser.

Vitalina
– Com produtos sob encomenda, a marca oferece bolsas, sandálias e bancos produzidos em couro, manualmente por artesãos, em diversas cores.

Aladê – A marca de vestuário e acessórios produz peças coloridas e leves, em tecidos variados, e está com uma coleção especial para o Carnaval.

Xuruca Pacheco – A artista traz sua coleção de peças artesanais que misturam couro, pedras, rendas, linhas, metais.

Veja também

Ator Kevin Spacey acusado no Reino Unido de agressão sexual contra três homens
Agressão Sexual

Kevin Spacey é acusado no Reino Unido de agressão sexual

Primeira barbie trans é inspirada na atriz Laverne Cox
Mattel

Primeira barbie trans é inspirada na atriz Laverne Cox