Documentário sobre 'Envelhecimento Criativo' será lançado neste sábado

O projeto conta o fazer teatral com oito alunos de 61 a 94 anos

Retratos de Uma Lembrança InterrompidaRetratos de Uma Lembrança Interrompida - Foto: Divulgação/Jonas Araújo

O projeto Envelhecimento Criativo é um programa que trabalha com cursos oficinas e palestras. Através dele, a arte-educadora e diretora Emanuella de Jesus lança, neste sábado (3), o documentário e uma mesa de debate ‘Velhice em Cena – O Teatro na Idade da Liberdade’, que conta o fazer teatral com oito alunos de 61 a 94 anos.

O curta-metragem conta a história de um grupo de idosos e alunos de teatro que Emanuella acompanha desde 2011, e traz montagens de obras como ‘Vamos Falar de Amor’ (2012-2014), a partir de cartas escritas por eles, e ‘Retratos de uma Lembrança Interrompida’ (2016-2017), sobre memórias da ditadura, e Vivência Artístico-Pedagógica em Teatro Documentário (2018).

O objetivo da obra é discutir a velhice e propor um amadurecimento saudável tanto pelo teatro, com oficinas de dramaturgia e memória, quanto com palestras no tocante à saúde e sociabilidade.

Leia também:
Documentário de Marcelo Gomes aborda relação entre tempo e trabalho
CinePE abre edição com documentário sobre Frei Damião
Brasil se inspira no Uruguai para adotar políticas para idosos
A musculação e os idosos

“Idosos gostam muito de contar histórias, então os estimulei a me contarem, e depois a escreverem; a partir delas, desenvolvi a dramaturgia de memória, e em seguida a de pertencimento, porque eles se apropriam daquilo de uma forma que as memórias do corpo e da fala são ativadas, e então ficam livres para mexerem no texto, uma vez que compreenderam o sentido daquele drama”, explica ela, sobre o processo de elaboração do primeiro espetáculo, ‘Vamos Falar de Amor’.

A ideia do projeto aconteceu após a proposta da reforma da Previdência no país e o aplicativo FaceApp, que envelhece a fisionomia, ganhar atenção nas redes sociais. Além de o Ministério da Saúde alertar que em 2030 o número de idosos vai ultrapassar o número de crianças e adolescentes com até 14 anos, e segundo a Organização do Ministério da Saúde (OMS) o número de idosos acima dos 60 anos alcançará dois bilhões até 2050.

O lançamento do documentário acontece no Teatro Hermilo Borba, no Bairro do Recife. Após a exbição acontece um debate sobre “A reinvenção da velhice no século 21”, que reune Emanuella, a médica especialista em geriatria Danielle Marinho, o psicólogo e pedagogo Edson Lima e o arte-educador Anderson Damião, com a mediação da gestora cultural Rita Marize.

Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada) e estão à venda no site da Sympla.

Veja também

Nanda Costa fala da estreia internacional no filme 'Monster Hunter': 'Me senti começando'
Artista

Nanda Costa fala da estreia internacional no filme 'Monster Hunter': 'Me senti começando'

'O Álbum de Natal da Grande Família' reprisa especial natalino da série
Comédia

'O Álbum de Natal da Grande Família' reprisa especial natalino da série