Doze horas de música em Aldeia

Guaiamum Treloso volta a Aldeia para apresentar 30 atrações musicais, distribuídas em três palcos

Liniker e os Caramewlos sobem a um dos palcos da prévia carnavalesca junto à cantora Karina BuhrLiniker e os Caramewlos sobem a um dos palcos da prévia carnavalesca junto à cantora Karina Buhr - Foto: Gabriel Quintão/Divulgação

A prévia carnavalesca Guaiamum Treloso chega à sua 23ª edição, neste sábado (4), no km 13 de Aldeia, marcando sua segunda edição serrana. Este ano, o festival traz 30 atrações musicais, divididas em três palcos, em prometidas 12 horas de programação. Entre os nomes confirmados estão Tom Zé, Liniker e os Caramewlos, BaianaSystem, e os pernambucanos Clayton Barros, Tagore, Barro e Projeto Sal.

Um dos destaques desta edição, o grupo Liniker e os Caramewlos traz as canções dos discos “Remonta” e “Cru”. O grupo se apresentará pela primeira vez ao lado da cantora Karina Buhr. “Conheci Karina antes do Teatro Oficina. O primeiro álbum dela que ouvi foi muito gostoso, a poesia dela me encantou. E o convite foi feito porque achamos que fazia muito sentido, até por ela ser do Recife”, comenta Liniker.

Tendo se lançado na mídia, em 2015, com o EP “Crua”, a artista (que prefere ser tratada no gênero feminino) teve uma ascensão meteórica se difundindo, principalmente em meio aos jovens, trazendo consigo um forte teor político. “Quando há uma intenção verdadeira não tem como não dar certo. Fui amadurecendo minha noção como artista e tem rolado de uma forma muito natural. Precisamos pensar nossa existência na terra enquanto pessoa, e eu busco muito isso cada vez colocando o que é meu para o mundo”, afirma. O grupo parte para turnê internacional em Março, começando pelo Texas, nos EUA.

Outra atração é o cantor Tom Zé traz o show “Não tenha ódio no verão”, que conta no repertório com canções que remontam sua carreira, como “Esquerda, grana e direita”, “2001”, “Augusta, Angélica e Consolação”. O músico volta ao Recife depois de se apresentar em outubro na Caixa Cultural, com a turnê “Tom Zé 80 anos”, em comemoração ao seu aniversário.

Mais uma atração é a BaianaSystem, que fez sua última apresentação na cidade em outubro do ano passado como atração principal do Coquetel Molotov. A banda faz parte de um movimento independente que busca ressignificar a sonoridade da música urbana produzida na Bahia. Sob a influência dos sound systems, o grupo traz sempre um show poderoso, em que se utiliza do conceito de sistema como forma de amplificar não só o som, mas também a essência das tradições populares.

Uma das marcas do festival é a sua preocupação ecológica. O evento vai disponibilizar o “Expresso Treloso”, transporte coletivo em ônibus executivo, que partirá dos Shopping Recife, Tacaruna e Plaza, das 12h às 19h, em direção ao local, custando R$ 15. Ainda será feita gestão de resíduos sólidos, compensação de emissão de gás carbônico e plantação de mudas nativas no perímetro de Aldeia.

Veja também

Feito na pandemia, livro mostra táticas de sobrevivência ao cotidiano
Literatura

Feito na pandemia, livro mostra táticas de sobrevivência ao cotidiano

Gusttavo Lima e Andressa Suita são flagrados juntos em Angra dos Reis
Celebridades

Gusttavo Lima e Andressa Suita são flagrados juntos em Angra dos Reis