Em defesa dos ritmos nordestinos

Cantor e compositor César Amaral lança o DVD “Floração”, com show nesta quarta-feira, na Sala de Reboco, no Cordeiro. Ele se inspira em suas raízes em Sertânia

Nova mesa diretora da Câmara Municipal de São Lourenço da MataNova mesa diretora da Câmara Municipal de São Lourenço da Mata - Foto: Divulgação / São Lourenço da Mata

 

Vem do Sertão do Moxotó pernambucano, mais precisamente de Sertânia, mais uma voz para enaltecer os ritmos nordestinos: é a voz do cantor e compositor César Amaral. Oriundo de uma família de músicos, o cantor estará lançando seu primeiro DVD, sob o título “Floração”, nesta quarta-feira, na Sala de Reboco, no Cordeiro, a partir das 23h.

Nesta festa de lançamento, César vai estar acompanhado de sua banda e também contará com a participação de Cristina Amaral, Ed Carlos, Roberto Cruz e Luizinho de Serra.
O cantor e compositor César Amaral é um dos 13 irmãos da também cantora Cristina Amaral e já está na estrada musical há bastante tempo.

Segundo ele, “já são 11 anos de carreira solo, seis CDs e agora lançando o DVD, que foi gravado em novembro de 2014, no teatro do IMIP”. A gravação do DVD teve sua renda revertida em prol do Instituto de Oncologia Infantil do IMIP, que ainda está sendo construído.
A origem sertaneja do artista influenciou muito na construção do repertório. Não faltam os mais genuínos ritmos da música nordestina, como o forró, xote, xaxado, baião e o coco. As gravações são, geralmente, entremeadas com aboios e cânticos, uma característica marcante dos poetas de feiras populares e dos repentistas.
A trajetória desse cantor e compositor já foi marcada por várias conquistas no cenário musical. Entre elas está o primeiro lugar no maior festival de música da Paraíba, o Forró Fest de 2005, com a música ‘Mulher de Inverna’ (Antônio Amaral e César Amaral). Já em 2012, o álbum “Arranchado” foi pré-selecionado para o prêmio da Música Nacional. “Tudo isso foi conseguido com muita luta.

O músico nordestino precisa ser muito persistente para viver de sua arte. Exceto os baianos, que sabem valorizar sua música como ninguém, os demais sofrem muito até emplacar um trabalho. É preciso que as rádios pernambucanas, como também as nordestinas, abram espaço para o trabalho dos compositores da terra”, registra Amaral.

Lançamento
Ao todo são 20 músicas do mais puro som nordestino. Para quem curte aqueles forrós dos bons, é um DVD com canções para ouvir e dançar. Com uma voz afinadíssima, César Amaral apresenta uma seleção pra lá de personalizada. Com produção e direção musical de Luisinho Sanfoneiro, que também faz parte da banda, “Floração” foi gravado pela ZRG Produções e tem tiragem inicial de 2 mil unidades.
César Amaral também presenteou os fãs com a participação de vários cantores e compositores. Em “Paleio”, ele faz dueto com a irmã Cristina Amaral. Em “No Sangue e no suor” e “Velho arvoredo”, César está acompanhado, respectivamente, dos poetas Petrúcio Amorim e Maciel Melo. Também estão presentes no DVD, Santana O Cantador, Sandra Belê, o grupo Em Canto e Poesia, Bia Marinho, Chico Arruda e Jurandy da Feira.

São vozes marcantes e que se completam para deleite do ouvinte. Das vinte canções apenas uma é inédita, “Nó”, que tem música e letra de César Amaral, e mostra que o compositor bebeu na fonte dos principais poetas nordestinos. As demais são regravações e outras foram pinçadas nos seus seis CDs.

O cantor estava acompanhado de sua banda que tem a seguinte formação: Duda Gouveia (bateria), Vitamina (percussão), Fofão (baixo), Guilherme Eira (guitarra e viola de 12), Valdemir Silva (flauta e sax), Neném (zabumba e vocal), Luizinho Sanfoneiro (sanfona), Gal Menezes e Lyzia Rocha (vocais).

 

Veja também

Novo 'Missão Impossível' tem 12 pessoas do set com Covid e corre risco de novo atraso
Cinema

Novo 'Missão Impossível' tem 12 pessoas do set com Covid e corre risco de novo atraso

Tatá Werneck estreia nova temporada de 'Lady Night'
Talk show

Tatá Werneck estreia nova temporada de 'Lady Night'