Em protesto, Brie Larson não aplaude Casey Affleck

Na hora em que o ator foi chamado ao palco para receber a estatueta, a atriz não o cumprimentou nem o aplaudiu

Brie Larson e Casey AffleckBrie Larson e Casey Affleck - Foto: Kevin Winter/AFP

O Oscar de Melhor Ator, vencido por Casey Affleck, de "Manchester à Beira-Mar", está chamando a atenção dos usuários das redes sociais. O motivo é um silencioso protesto feito por Brie Larson, atriz encarregada de apresentar a estatueta.

Na hora em que Affleck foi chamado ao palco para receber a estatueta, Brie não o cumprimentou nem o aplaudiu. Depois, em silêncio ela saiu para os bastidores.

Para usuários das redes sociais e fãs da atriz, o motivo é Affleck haver sido acusado, em 2010, por duas mulheres da equipe do filme "Eu Ainda Estou Aqui", (a diretora de fotografia Magdalena Gorka e a produtora Amanda White) de má conduta sexual.

O processo nunca chegou aos tribunais. Um acordo encerrou a briga e uma cláusula de confidencialidade foi adicionada. Na época, Affleck negou as acusações. Desde então não fala sobre o assunto.

Brie, que venceu o Oscar em 2016 por "O Quarto de Jack" - cuja personagem é vítima justamente de estupro -, é conhecida por apoiar vítimas de assédio sexual.

Essa não foi a primeira vez que Brie precisou entregar um prêmio a Affleck. No Globo de Ouro, a cena já havia se repetido e sem cumprimentos por parte da atriz.

Nesse tipo de cerimônia é comum que os vencedores do ano anterior premiem os novos ganhadores, mas de forma invertida. A melhor atriz da última edição do Oscar anuncia quem foi o melhor ator deste ano, enquanto o melhor ator do ano passado condecora a nova melhor atriz.

Veja também

Olavo de Carvalho tem contrato de livros não renovado por sua editora
Literatura

Olavo de Carvalho tem contrato de livros não renovado por sua editora

Billie Eilish mira a bossa nova, busca a paz e fala do corpo em novo disco
Crítica

Billie Eilish mira a bossa nova, busca a paz e fala do corpo em novo disco