Emanuelle Araújo exalta a trajetória artística diversificada

No ar em “A Lei do Amor” como a forte Yara, ela nunca separou suas funções como atriz e cantora

Raul Henry e Fernando Bezerra CoelhoRaul Henry e Fernando Bezerra Coelho - Foto: Folha de Pernambuco

 

O jeito extrovertido e animado é bastante característico de Emanuelle Araújo. Mas a forma segura e clara com que a atriz de 40 anos conduz sua múltipla carreira artística salta aos olhos. No ar em “A Lei do Amor” como a forte Yara, ela nunca separou suas funções como atriz e cantora e fez questão de mesclar as duas trajetórias ao longo dos anos. A dupla jornada era uma certeza que Emanuelle estava disposta a encarar desde o início de sua caminhada profissional. Não à toa, conciliou seus trabalhos na música com diversas peças, filmes e novelas. “Acredito que o público me vê como as duas coisas.

Nunca senti distinção. O público abraçou a minha arte. Não quero focar em uma ou em outra. Faço tudo ao mesmo tempo. Sempre foi assim. As duas áreas são complementares e se ajudam”, ressalta.

Mesmo enfrentando uma intensa rotina de gravações na atual novela das nove, Emanuelle não abriu mão de trabalhar na divulgação de seu primeiro disco solo: “O Problema É A Velocidade”. “É um projeto com um sabor especial. Quero que as pessoas sintam a música quando ouvirem. Junto com a novela, o CD é um trabalho que tenho muito orgulho”, valoriza. O disco, produzido por Kassin, traz canções de vários compositores da música popular brasileira, como Arnaldo Antunes e Paulinho Moska. 


“Desenvolvo esse CD há dois anos. É um trabalho coletivo de várias cabeças. Nada foi penoso durante esse projeto. Tem muito de mim em várias partes. É delicioso ter esse disco nesse momento”, conta.

Na trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, Yara é a principal confidente da protagonista Helô, interpretada por Claudia Abreu. No passado, foi namorada de Ciro, papel de Thiago Lacerda, mas foi abandonada pelo amado, que se casou por interesse com Vitória, de Camila Morgado. Apesar do término, Yara continua amiga do ex-namorado, mas sem segundas intenções. Casada com Misael, vivido por Tuca Andrada, sofre com a filha Ritinha, que tem uma saúde frágil.

“É uma história muito real e isso me atraiu. São os conflitos da vida. Yara é uma mulher que toca a vida com muita leveza. O grande calcanhar de Aquiles dela é a saúde da filha mais nova”, explica.

 

Veja também

Ator de 'Harry Potter' fala da 'bênção' de não ser reconhecido: 'Como começar de novo'
Cinema

Ator de 'Harry Potter' fala da 'bênção' de não ser reconhecido: 'Como começar de novo'

Wesley Safadão faz apelo a políticos e diz que 'não pode fazer show, mas pode comício'

Durante live, cantor pediu retorno das apresentações artísticas pelo Brasil