Enterro de Erasto está marcado para o inicio da tarde desta sexta

Artista faleceu na noite desta quinta-feira (27), vítima de parada cardíaca

Vereador do Recife Romero Albuquerque (PP)Vereador do Recife Romero Albuquerque (PP) - Foto: Divulgação

Está marcado para as 14h desta sexta-feira (28), no Cemitério Guadalupe, em Olinda, o enterro do músico pernambucano Erasto Vasconcelos, falecido na noite de quinta-feira, vítima de parada cardíaca. Amigos, fãs e companheiros da música se reuniram para prestar as últimas homenagens.

Um dos trabalhos mais recentes de Erasto foi com a banda Eddie, liderada por Fábio Trummer. Em entrevista à Folha, Trummer contou que não pôde estar presente no velório para cumprir agenda de shows na banda, mas falou sobre a importância de Erasto na banda: “Erasto era uma pessoa muito importante para Eddie. Várias de nossas músicas, inclusive algumas que são ponto alto do nosso show, são composições dele. Ainda estou muito triste, mas também feliz que ele se manteve ativo até fim. Soube até que ele estava cantando para os médicos horas antes da morte. Vai deixar muita saudade. O Eddie perde uma de suas lideranças musicais. Agora precisamos aprender a seguir em frente”.

Irmão de Naná Vasconcelos, Erasto estava internado no Hospital Miguel Arraes, em Olinda, Região Metropolitana do Recife (RMR), desde setembro.

O “compositor, percussionista e arranjador” chegou a subir aos palcos com Alceu Valença, Robertinho do Recife, Lula Cortes e Zé Ramalho e outros renomados artistas da MPB.

"Gente grande, imensa, que apreciava a natureza e as pessoas com profundo interesse pelo pensar e sentir do outro e a gentileza infinita de uma criança. Com alegria e consciência, Erasto viveu a maior parte da vida aperreado pela doença mental. O receio de esquecer o que sabia o fez tecer anotações sobre tudo o que conhecia, de modo simples e poético, anotações que viraram música e teatro. Mas, a produção do mestre ainda não se mostrou em toda a sua força. Que siga em paz!", comentou Eva Duarte, artista, jornalista e produtora cultural.”.

Naná Vasconcelos também morreu este ano, em março, vítima de câncer pulmonar aos 71 anos. Erasto é mais um nome da música da pernambucana que se vai nos últimos dois anos, junto com Selma do Côco e o guitarrista Ivinho, do Ave Sangria, ambos falecidos em 2015.

Veja também

Ex de Dudu diz que teve caso com Gusttavo Lima quando era casado
famosos

Ex de Dudu diz que teve caso com Gusttavo Lima quando era casado

Programa do Ratinho volta a ter plateia de 30 pessoas testadas para Covid-19
televisão

Programa do Ratinho volta a ter plateia de 30 pessoas testadas para Covid-19