Exposição “Amar, (des) Armar” tem abertura nesta terça no Museu da Cidade do Recife

O grupo de fotógrafos ainda conta com nomes vindos do Rio de Janeiro, Santa Catarina e Minas Gerais, num total de 27

Homem-Aranha no Aranhaverso Homem-Aranha no Aranhaverso  - Foto: Divulgação

 

Diante do negativo cenário de ódio e violência, a fotografia busca o positivo, como num filme analógico, que tenta revelar o avesso da realidade vigente a partir da reflexão sobre o tema. Daí, o título mais do que sugestivo da exposição “Amar, (des) Armar”, com abertura hoje, às 19h, no Museu da Cidade do Recife. A mostra é promovida pela Associação de Fotógrafos Fototech Regional Pernambuco, e traz 33 registros de autores amadores e outros mais experientes, como Roberta Guimarães, Yêda Bezerra de Melo e Renato Filho, que estão entre os 17 pernambucanos selecionados. O grupo de fotógrafos ainda conta com nomes vindos do Rio de Janeiro, Santa Catarina e Minas Gerais, num total de 27.
Eles foram escolhidos entre os 32 inscritos, a partir do julgamento dos especialistas André Aquino, coordenador de artes visuais da Aeso, Cristiana Dias, editora de fotografia da Folha de Pernambuco, e Jarbas Júnior. “Estamos vivendo um período de intolerância religiosa, homoafetiva e de muita violência e ódio. Por isso resolvemos trabalhar essa temática”, declara a diretora da Fototech, Fernanda Freire.
A associação conta com 380 associados de 13 estados do Brasil, além do Distrito Federal, e tem como objetivo o fomento e estímulo à fotografia como produto cultural.

Para tanto, a entidade, que se originou em São Paulo, em 1998, promove encontros periódicos para troca de informações, workshops, congressos e palestras, e ainda exposição dos trabalhos dos associados.

 

Veja também

Na crise, Globo vai usar todos os canais do grupo em grade única
GLOBOPLAY

Na crise, Globo vai usar todos os canais do grupo em grade única

Após nude, cantor Tyga volta a chocar fãs ao publicar vídeo explícito de sexo no Onlyfans
Internet

Após nude, cantor Tyga volta a chocar fãs ao publicar vídeo explícito de sexo no Onlyfans