Exposição mostra peças feitas por jovens surdos a partir desta sexta

Espaço no Bairro do Recife ficará a aberto ao público até o dia 9 de junho, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h

Jovens produzem peças para exposiçãoJovens produzem peças para exposição - Foto: Divulgação

O Movimento Pró-Criança inaugura, nesta sexta-feira (26), a exposição do projeto Artesinal, no Espaço Maria Helena Marinho, no Bairro do Recife. A mostra tem trabalhos produzidos por 30 jovens surdos e ficará a aberta ao público até o dia 9 de junho, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. A entrada é gratuita.

As peças foram produzidas em 2016, quando os jovens participaram de oficinas com três artistas pernambucanos: Rinaldo Silva, Renato Valle e Christina Machado. Com Rinaldo Silva, os jovens pintaram um muro na rua da Glória, no bairro da Boa Vista. A atividade tinha o intuito de produzir transformação do espaço urbano.

Com Renato Valle, os jovens experimentaram materiais como grafite, carvão e lápis em um processo didático de educação do olhar e também visitaram exposições de arte. Já Christina Machado comandou a produção de placas de argila através de uma brincadeira de luz e sombra. Enquanto dois alunos moldavam formas com as mãos, um terceiro reproduzia a sombra feita na placa.

Todas as atividades foram acompanhadas por um intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras). O projeto foi realizado com incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura).

Veja também

Nego do Borel apela para discurso religioso após acusações de agressão
Religiosidade

Nego do Borel apela para discurso religioso após acusações de agressão

Comparada a Satanás, Andressa Urach critica pastores da Universal
Polêmica

Comparada a Satanás, Andressa Urach critica pastores da Universal