Exposição na Arte Plural contempla a diversidade

Mostra 'Possibilidades' reúne obras, entre pinturas, fotografias e esculturas, de 12 artistas plásticos

Exposição 'Possibilidades'Exposição 'Possibilidades' - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A galeria Arte Plural abre nesta terça-feira (20), às 19h, a mostra “Possibilidades”, exposição coletiva com 12 artistas (membros do casting e convidados). Até 12 de maio, o público poderá conferir gratuitamente 35 obras, entre pinturas, fotografias e esculturas de vários estilos e autores.

Segundo a jornalista Olívia Mindêlo, responsável pela curadoria, a seleção das obras que compõem a mostra foi propositadamente feita de forma fragmentada, sem seguir um único tema, visando contemplar muitos artistas que ainda não tinham ocupado a sala principal da galeria e, ao mesmo tempo, provocando uma leitura menos óbvia por parte dos espectadores.

Leia também:
Exposição traz obras e objetos pessoais de Tarsila do Amaral ao Recife
Catálogo mostra acervo de obras de arte da Universidade Federal de Pernambuco
Artes visuais: 5 fatos de 2017 para lembrar

“O termo ‘possibilidade’ se refere também a esse processo de escolha. As obras desta mostra são caminhos possíveis de ser, como geralmente são as trilhas coletivas”, conta Olívia. “Há quem prefira o gesto de tinta ao fotográfico. Há quem prefira a dor das mulheres indígenas que lutam preto no branco aos caminhos mais formais da pintura abstrata. E há quem fale da dor de ter uma flor entre as pernas, enquanto há quem vislumbre outras paisagens para o espaço urbano”, diz.

Exposição 'Possibilidades'

Exposição 'Possibilidades' - Crédito: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Na exposição, podem ser vistas as pinturas de Antonio Mendes, Álvaro Caldas, Bruno Alheiros, Coletivo Vacilante, Roberto Ploeg, David Alfonso, Roberto Lúcio e Pragana; as fotografias de Pri Buhr, Eric Gomes, Iezu Kaeru e Leandro Pereira; e as esculturas de Dani Acioli. Esta última foi a responsável pelo único trabalho não bidimensional da mostra: conhecida por desenhar mulheres, a artista plástica criou uma série provocativa em que vulvas de madeira (pintadas de vermelho e se assemelhando a corações) são furadas por pregos, presas por cadeados e expostas em relicários, em uma referência sacro-profana às diferentes formas de opressão e dominação impostas ao sexo feminino.

Há muita beleza e questionamento a serem conferidos por quem passar na Arte Plural. Roberto Lúcio e o Coletivo Vacilante dialogam com a linguagem do pop e do grafite; Pri Buhr traz delicados signos de solidão, renascimento e feminilidade dentro de uma série subjetiva de imagens fotográficas que é tão conceitual como são as paisagens minerais de Iezu Kaeru; o cubano David Alfonso traz um impactante duo figurativo em preto e branco; Leandro Pereira e Eric Gomes trazem o viés crítico para a fotografia, abordando movimentos sociais e os impactos sobre a paisagem urbana. Uma mulher retratada pelo pintor holandês Roberto Ploeg está postada na entrada da sala, olhando inquisidora para quem entra e fazendo um convite claro ao visitante: "vem".

Serviço:
Exposição "Possibilidades"
Na Arte Plural Galeria (Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife)
Vernissage: terça-feira (20), às 19h
Aberta ao público de 21 de março a 12 de maio, das 13h às 19h
Entrada gratuita

Veja também

Veja os melhores aplicativos para baixar e-books gratuitos
Tecnologia e games

Veja os melhores aplicativos para baixar e-books gratuitos

Victória Villarim é eliminada em votação relâmpago de 'A Fazenda'
Reality

Victória Villarim é eliminada em votação relâmpago de 'A Fazenda'