Mamonas Assassinas

Família autoriza holograma e voz artificial de vocalista do Mamonas

Holograma do cantor, além de uma voz com inteligência artificial, estão sendo desenvolvidos

Os fãs poderão matar um pouco da saudade da bandaOs fãs poderão matar um pouco da saudade da banda - Foto: Paula Kossats/Divulgação

 A morte dos Mamonas Assassinas, que completa 25 anos nesta terça-feira (2), pode não ter colocado um ponto final na carreira do vocalista Alecsander Alves, o Dinho. Familiares dele participaram de uma live no canal de YouTube do À Deriva Podcast, com o humorista Arthur Petry.

O bate-papo contou com a participação de Hildelbrando Alves, Jorge Santana e Paula Rasec, pai, primo e prima de Dinho respectivamente. Eles revelaram que estão sendo desenvolvidos um holograma do cantor, além de uma voz com inteligência artificial.

"Eu autorizei há uns dois ou três anos a desenvolver o holograma do Dinho", afirmou Santana, que está à frente do legado do primo. Ele disse ainda que esse holograma estaria sendo desenvolvido pela produtora Endemol Shine, que detém os direitos da marca Mamonas Assassinas, em parceria com a Record, que têm planos de fazer uma série sobre o grupo.


Outra iniciativa é recriar a voz de Dinho usando inteligência artificial. "Estão desenvolvendo a voz do Dinho, estamos trabalhando nisso há um ano e meio", contou. Ele disse também que a ideia é que Dinho fale na abertura do filme sobre a banda, que também está nos planos da família.

Os familiares também relembraram histórias do grupo, além de falar sobre o musical sobre os integrantes que foi realizado com a anuência deles. Além de Dinho, Bento Hinoto, Samuel Reoli, Júlio Rasec e Sérgio Reoli morreram no acidente aéreo que causou comoção no Brasil em 1996.

"Os Mamonas nos deixaram a lição de viver cada dia com intensidade, como se fosse o último", diz postagem publicada nas redes oficiais do grupo. "Com alegria, bom humor e muita determinação para conquistar seus sonhos. Eles sonharam e conquistaram o Brasil."

"Vamos lembrar pra sempre com gratidão pela alegria e por todos os sorrisos que nos proporcionaram", segue o texto. "Eles eram isso, pura alegria. Obrigado por tudo, meninos!"

Até hoje, diversas músicas dos Mamonas fazem sucesso em todo o Brasil. De acordo com o Spotify, o grupo tem atualmente 713.014 ouvintes mensais e 919.515 seguidores. As cidades que mais costumam escutar o som deles são São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre.

Já as músicas mais ouvidas são, na ordem, "Pelados em Santos", "Vira-Vira", "Robocop Gay", "Chopis Centis", "1406", "Uma Arlinda Mulher"; "Jumento Celestino, "Mundo Animal", "Lá Vem o Alemão" e "Sabão Cra-Cra".

Veja também

Marvel: 'Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis' ganha primeiro trailer
Cinema

Marvel: 'Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis' ganha primeiro trailer

Livraria Saraiva tenta vender parte de sua operação, mas não atrai compradores
Mercado Editorial

Livraria Saraiva tenta vender parte de sua operação, mas não atrai compradores