Fenelivro abordará sustentabilidade

Quinta edição da Feira Nordestina do Livro começa nesta quarta (30), com debates, palestas, livros e filmes ligados à temática

Jamille Barbosa, Ricardo Leitão e Tarsício PereiraJamille Barbosa, Ricardo Leitão e Tarsício Pereira - Foto: Divulgação

Começa, nesta quarta-feira, a quinta edição da Feira Nordestina do Livro (Fenelivro). Promovida pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), a feira agora passa a ser realizada também pela Fundação Gilberto Freyre, e deve alcançar um público estimado de 150 mil pessoas ao longo de cinco dias de atividades. Cerca de 100 estandes com obras publicadas por dezenas de editoras nacionais e internacionais estarão abertos ao público, ocupando uma área de seis mil metros quadrados no Centro de Convenções, em Olinda. Mas, para além das vendas, a Fenelivro trará uma programação voltada para a sustentabilidade e a cultura, a partir do tema "Terra Viva: compromisso de todos".

"Este é um tema que se torna ainda mais importante neste momento, com o Nordeste atingido pelo maior desastre ambiental da costa brasileira", afirma o presidente da Cepe, Ricardo Leitão. Em todos os dias do evento haverá palestras e debates ligados à temática ambiental - "não apenas para denunciar, mas também para indicar soluções", faz questão de frisar. O grande homenageado do evento será o ecologista e agrônomo pernambucano João Vasconcelos Sobrinho (pioneiro na área dos estudos ambientais no Brasil e considerado uma das maiores autoridades em ecologia da América Latina), falecido em 1989. Além de uma mesa sobre o "Óleo nas praias", na quinta, com a presença do secretário estadual de Meio Ambiente, José Bertotti, e do pesquisador Clemente Coelho (UFPE), haverá painéis, mostras de cinema e outras atividades ligadas à sustentabilidade e à ecologia.

Um dos destaques deverá ser o lançamento do livro "A história da Amazônia - do período pré-colombiano aos desafios do século XXI" (Ed. Record), escrito pelo romancista amazonense Márcio Souza. No estande da Cepe haverá lançamento de nove livros inéditos, além de sessões de autógrafos.

Leia também:
Caruaru recebe a segunda edição da Bienal do Barro
Plaza Shopping realiza semana de troca de livros

No sábado (1º), será divulgado o resultado do concurso de redação sobre o meio ambiente, envolvendo estudantes da rede pública de ensino. Serão premiados com livros os três primeiros colocados, juntamente com seus professores orientadores e escolas. A Cepe vai fornecer o transporte, durante todas as manhãs do evento, para que estudantes de escolas públicas possam ter acesso ao evento.

Do ponto de vista da cultura, um momento que deve emocionar é a palestra de abertura, na quarta, realizada pela escritora Inez Cabral de Melo (filha do poeta João Cabral de Melo Neto, homenageado do Circuito Cultural do qual a Fenelivro faz parte). Os jovens devem lotar a palestra com a YouTuber Jout Jout, no sábado (2) - a programação também vai trazer espaços e atividades Geek. Entre os artistas que vão se apresentar nos cinco dias de feira, no Palco Vasconcelos Sobrinho, podem ser citados a banda Flor de Cactus, Silvério Pessoa, Maestro Spok e a banda infantil Fada Magrinha.

Segundo a gerente editorial da Fundação Gilberto Freyre, Jamille Barbosa, que é a curadora da Fenelivro, uma das novidades desta edição é a criação de um espaço voltado para o cinema, que vai funcionar em tempo integral e trará curtas, médias e longas metragens com temática ligada ao meio ambiente e à literatura - como por exemplo "Morte e Vida Severina" (1977), de Zelito Viana, e "O cão sem plumas" (1997), de Kátia Mesel, ambos inspirados na obra de João Cabral de Melo Neto.

A Fenelivro foi formatada como um evento âncora, atingindo diversos públicos e percorrendo linguagens diversas como cinema, teatro, música, gastronomia e moda. Haverá opções para o público infantil ao longo de todo o evento, mas o domingo (3) se destaca como um dia especialmente rico nesse sentido - além de ser o momento das grandes promoções de livros, já conhecido e aguardado pelo público frequentador da Fenelivro. E o melhor: o acesso à feira e a todas as atividades será gratuito.

Programação:
DIA 30/10 – QUARTA-FEIRA

PALCO VASCONCELOS SOBRINHO
18h30 Cerimônia de abertura
19h Conversa entre a escritora Inez Cabral de Melo, filha do homenageado, o poeta João Cabral de Melo Neto; e o editor da Cepe, Diogo Guedes
20h Show da Banda Flor de Cactus

DIA 31/10 – QUINTA-FEIRA
AUDITÓRIO TARTARUGA
15h Mesa – Economia criativa e desenvolvimento de território, com Eliete Lopes (Quintais Produtivos do Paiva), Luciana Raposo (hortas comunitárias) e mediação de Karina Zapata
17h Mesa – Usinas Nucleares em Pernambuco: pós e contras, com Heitor Scalambrini e Carlos Mariz, mediação do presidente da Cepe, Ricardo Leitão
18h Mesa – Óleo nas praias, desastre ambiental no Nordeste, com José Bertotti (Secretário do Meio Ambiente do Estado de Pernambuco), Clemente Coelho (UPE)

AUDITÓRIO PEIXE-BOI
9h30 Oficina Elo criativo
10h30 Oficina Lixiki
11h30 Contação de história com o grupo Além da lenda
14h Oficina Lixiki
15h Oficina Elo criativo
16h Contação de história com o grupo Além da lenda
17h Mesa – Turismo sustentável de base comunitária, com Negralinda (Ilha de Deus Bistrô) e Larissa Almeida (LOA Turismo de Experiência)
19h Painel O Sertão pode virar um deserto, com o professor da Univasf José Alves de Siqueira e representante da ASA – Articulação do Semiárido do Brasil

CAFÉ LITERÁRIO
14h Painel Moda e sustentabilidade
15h Aldravias: Oficina de poesias, com Ivanilde Gusmão de Morais (UBE)
16h Painel: O meio ambiente da informação e a infotoxina, com Luis Carvalho Gallego (Fórum Socioambiental de Aldeia)

PRACINHA
9h30 Teatro de mamulengo do Mestre Sebá
14h Teatro de Mamulengo do Mestre Sebá

CINEMA
10h Documentário – Tempo circular, de Graciela Guarani (2018/20 min)
10h30 Documentário – Homens e caranguejos, Paulo de Andrade (2016/25 min)
11h Documentário – Enraizada, de Tiago Delácio (2018 / 8 min)
11h30 Documentário – Entremarés, Anna Andrade (2018 / 17 min)
15h30 Animação – Ex-mágicos, de Olímpio Costa, Maurício Nunes (2016, 11 min)
16h Animação – Guaxuma, de Nara Normade (2018, 14 min)
16h30 Ficção - Meu livro proibido, de Thom Galiano e Robério Brasileiro
17h Filme – Morte e vida Severina, de Zelito Viana (1977, 1h28 min)

PALCO VASCONCELOS SOBRINHO
20h Show do Maestro Spok

DIA 1º/11 – SEXTA-FEIRA
ESTANDE DA CEPE EDITORA
Lançamentos:
18h Sessão de autógrafos dos livros Ecologia do Cotidiano (Ricardo Braga), A flor lilás e outros contos (Ricardo Braga), Bia baobá (Itamar Morgado) e Açude de Apipucos: história e ecologia (Kleber de Toledo)
20h Lançamentos: Talvez precisemos de um nome para isso (Stephanie Borges), O breve fulgor do tempo (José Rodrigues Paiva), Caminho Áspero e outros poemas (Severino Filgueira) e Poesia da Geração 65 (Marcos D’Morais)

AUDITÓRIO TARTARUGA
15h Palestra – Direito à literatura, com Flávia Suassuna (UBE)
16h Palestra – Tubarões e meio ambiente, com Jonas Rodrigues
19h Palestra – Roupa para se ler: a literatura como inspiração nas coleções de Ronaldo Fraga

AUDITÓRIO PEIXE-BOI
9h30 Oficina Rafa Matos (Exposição das peças no sáb/dom)
11h30 Contação de história com o grupo Além da lenda
14h Oficina Rafa Matos (Exposição das peças no sab/dom)
15h Natureza, comida e o sagrado, com Raul Lody
16h Contação de história, com o grupo Além da Lenda
19h Mesa – A poesia da geração 65, com José Rodrigues Paiva, Almir Castro Barros e mediação de Tarcísio Pereira (Cepe)

CAFÉ LITERÁRIO
14h Mesa – Empreendedorismo afetivo, sustentável e criativo, com Germana Uchoa, Juliane Miranda e Manuela Tenório
15h Painel – Desafios da preservação da Mata Atlântica em Pernambuco, com Herbert Tejo (Fórum Socioambiental de Aldeia)
16h Painel – Árvore da palavra, com Roberta Guimarães
17h Escrever para conscientizar: literatura como ferramenta de educação ambiental, com Ricardo Braga, Itamar Morgado e Kleber de Toledo
18h Lançamento Religiosidade popular, de Silvério Pessoa
19h Bate-papo sobre o livro Talvez precisemos de um nome para isso (Cepe), com a aurtora Stephanie Borges e a jornalista Nathaly Barreto

PRACINHA
9h30 Teatro de Mamulengo do Mestre Sebá
14h Teatro de Mamulengo do Mestre Sebá

PALCO VASCONCELOS SOBRINHO
10h Entrega dos prêmios aos três primeiros colocados do concurso de redação promovido pela Secretaria de Educação de Pernambuco
19h Roupa para se ler: a literatura como inspiração nas coleções de Ronaldo Fraga, com Ronaldo Fraga
20h Show com Silvério Pessoa

CINEMA
11h Animação: Ex-mágicos, de Olímpio Costa, Maurício Nunes (2016, 11 min)
11h30 Animação: Guaxuma, de Nara Normade (2018, 14 minutos)
12h Ficção: Meu livro proibido, de Thom Galiano e Robério Brasileiro (2018 / 23 min)
15h Documentário – Tempo circular, de Graciela Guarani (2018 / 20 min)
15h30 Documentário – Homens e caranguejos, Paulo de Andrade (2016 / 25 min)
16h Documentário – Enraizada, de Tiago Delácio (2018 / 8 min)
16h30 Documentário – Entremarés, Anna Andrade (2018 / 17 min)
17h Documentário: Recife – Sevilha (Bebeto Abrantes / 52 min)

DIA 02/11 SÁBADO
ESTANDE DA CEPE EDITORA
15h Lançamento dos livros da Coleção perfis Germano Coelho: jardins em desertos (Sidney Rocha), J. Borges: entre fábulas e astúcias (Maria Alice Amorim) e José Cláudio: aventuras à mão livre (Júlio Cavani)
16h30 Sessão de autógrafos dos livros Burle Marx e o Recife: Um passeio pelos jardins da cidade (organizado por Maurício Cavalcanti, Ana Rita Sá Carneiro e Lúcia Maria de S.C. Veras) e Recife: fotografias (Fred Jordão)
18h Sessão de autógrafos do livro Maturidade: um tempo novo (organizado por Sílvia Gusmão)
19h Lançamento e sessão de autógrafos dos livros As margens do paraíso (Lima Trindade) e Jogo de cena (Andréa Nunes)

AUDITÓRIO TARTARUGA
10h Mesa – Mediação de leitura, e eu com isso? Com Bruna Peixoto, Erika Montenegro e mediação de Hélio Monteiro
11h Mesa – Diálogos sobre literatura juvenil, com Toni Brandão, Severino Rodrigues e mediação de Haidée Camelo
15h Literatura Infantil, com Léo Cunha, Rosinha e mediação de Severino Rodrigues
16h Contação de histórias, com a Companhia da Palavra Andarilha
19h Palestra do romancista amazonense Márcio Souza

AUDITÓRIO PEIXE-BOI
10h Contação de história, com o grupo Além da Lenda
11h Bate-papo sobre RPG e criação de personagens
14h Mesa – Diálogos sobre o Rio Capibaribe, com Márcio Erlich e Luiz Vieira
15h30 Mesa – Andanças, olhares e reflexões sobre o Recife: onde está o verde?, com Francisco Cunha, Ana Rita Sá Carneiro e Fred Jordão
16h30 Contação de história com o grupo Além da lenda
17h Mesa Gilberto, judaísmo e meio-ambiente, com Renato Athias, Caesar Sobreira e mediação de George Cabral

CAFÉ LITERÁRIO
10h Oficina Haikai: uma fotografia poética e suas invenções no Brasil, com Carlos Seixas (UBE)
11h Mesa – Soluções inovadoras para a cidade, com Vanessa Santana (Ameciclo) e Caio Scheidegger (Startup Navegue) e mediação de Roderick Jordão (Laursatur)
14h Mesa Coleção Perfis: os desafios e a importância da biografia, com Maria Alice Amorim e Júlio Cavani
15h Lançamento – O segredo de Paulo (Franci Palhano)
15h30 Lançamento - O segredo de Paulo (Franci Palhano)
16h Lançamento Revista Estudos Universitários, com Lourival Holanda, Eduardo Cesar Maia e Diogo Fernandes
17h Palestra Maturidade: um tempo novo, com Sílvia Gusmão e Carol Dubeux
18h Mesa Baseado em fatos reais: a ficcionalização da realidade brasileira, com Lima Trindade e Andréa Nunes, mediação por Wellington de Melo

PRACINHA
9h30 Teatro de Mamulengo do Mestre Sebá
14h Teatro de Mamulengo do Mestre Sebá

PALCO VASCONCELOS SOBRINHO
10h Apresentação – Escola Sunny Place
10h30 Apresentação – Rodrigo Lima
14h Apresentações Geek
17h Palestra Jout Jout
19h Palestra com Márcio Souza
20h Show Josildo Sá

CINEMA
10h Documentário – Tempo Circular, de Graciela Guarani (2018/20 min)
10h30 Documentário – Homens e Caranguejos, Paulo de Andrade (2016/25 min)
11h Documentário – Enraizada, de Tiago Delácio (2018 / 8 min)
11h30 Documentário – Entremarés, Anna Andrade (2018 / 17min)
15h30 Animação – Ex-mágicos, de Olímpio Costa, Maurício Nunes (2016, 11 minutos)
16h Animação – Guaxuma, de Nara Normade (2018, 14 min)
16h30 Ficção – Meu livro proibido, de Thom Galiano e Robério Brasileiro (2018 / 23 min)
17h Curta – Recife de dentro pra fora, de Kátia Mesel (1997 / 15 min)

DIA 03/11 DOMINGO
AUDITÓRIO TARTARUGA
10h Bate-papo literário Roda de conversa sobre a importância dos cinco clubes de leitura (Alephanáticos, Tamo lendo e Soterrada por livros)
11h Mesa – A importância das bibliotecas comunitárias na sociedade, com Cida Fernandez (Centro Cultural Luiz Freire), Rafaela Lima e mediação de Lourival Pinto (UFPE)
15h Painel – Portal de zoologia de Pernambuco, com Felipe Aléssio

AUDITÓRIO PEIXE-BOI
9h30 Contação de história, com o grupo Além da Lenda
14h Programação com atrações Geek
16h30 Contação de história com o grupo Além da lenda

CAFÉ LITERÁRIO
15h Palestra – A palavra como instrumento de controle social, com Alexandre Santos (UBE)

PRACINHA
9h30 Teatro de Mamulengo do Mestre Sebá
14h Teatro de Mamulengo do Mestre Sebá

PALCO VASCONCELOS SOBRINHO
10h30 Tapete Voador
14h Apresentação Rodrigo Lima
16h Apresentação com o grupo Fada Magrinha
18h Show com Karina Spinelli

CINEMA
11h Animação – Ex-mágicos, de Olímpio Costa, Maurício Nunes (2016, 11 minutos)
11h30 Animação – Guaxuma, de Nara Normade (2018, 14 min)
12h Ficção – Meu livro proibido. De Thom Galiano e Robério Brasileiro (2018 / 23 minutos)
15h Documentário – Tempo circular, de Graciela Guarani (2018 / 20 minutos)
15h30 Documentário – Homens e caranguejos, Paulo de Andrade (2016 / 25 minutos)
16h Documentário – Enraizada, de Tiago Delácio (2018 / 8 minutos)
16h30 Documentário – Entremarés, Anna Andrade (2018 / 17 min)
17h Curta - Homem que vira peixe, de Cezar Maia (2012 / 15 min)

Veja também

Belutti diz ser desengonçado antes de estreia no Dança dos Famosos
Televisão

Belutti diz ser desengonçado antes de estreia no Dança dos Famosos

Compadre de Jojo Todynho é assassinado no Rio de Janeiro
Violência

Compadre de Jojo Todynho é assassinado no Rio de Janeiro