Festival Animage realiza décima edição no Recife

Evento de cinema de animação terá diversos destaques, indo de 11 a 20 de outubro

Animage vai ocupar o Cinema São Luiz, além da Caixa Cultural e do Cinema da Fundação, no DerbyAnimage vai ocupar o Cinema São Luiz, além da Caixa Cultural e do Cinema da Fundação, no Derby - Foto: Victor Jucá/Divulgação

O festival de cinema de animação Animage está completando dez anos e vai trazer para o Recife, de 11 a 20 de outubro, o melhor da produção local, nacional e internacional dentro do tema. O evento abre na Caixa Cultural, com sessões gratuitas e abertas a todo tipo de público.

A ideia, segundo o curador responsável pela programação do Animage, Julio Cavani, é concentrar a programação voltada para o público infantil neste primeiro fim de semana, que coincide com o Dia das Crianças. Assim, vão acontecer uma retrospectiva infantil (com os filmes premiados ao longo dos dez anos do Animage), a mostra competitiva infantil de 2019, a mostra especial da série Bia Desenha e a mostra africana, com filmes que transmitem várias particularidades culturais do continente. A partir da terça-feira (15), o evento ocupa também as salas do Cinema São Luiz, no centro, e do Cinema da Fundação, no Derby, com entradas a preço simbólico de R$ 5.

Leia também:
'Bia Desenha', animação pernambucana, chega à TV
Projeto de animação da UFPE será apresentado no Itaú Cultural em SP
Animage divulga curtas selecionados para mostra competitiva

O festival traz oportunidades inéditas para o Recife, como a primeira exibição numa sala de cinema do clássico "Meu Amigo Totoro" (1988), de Hayao Miyazaki, também diretor de "A viagem de Chihiro" (2001). Produzido pelo famoso estúdio Ghibli, o filme completou 30 anos em 2018 e tem milhares de fãs, motivo pelo qual se imagina que as duas sessões programadas para o cine São Luiz, nos dias 19 e 20, terão o maior público do evento. "Fizemos questão de passar uma cópia dublada, pensando no público infantil", aponta Cavani. "Vai ser um momento muito especial".

'Meu amigo Totoro', que completou 30 anos, é um dos filmes mais aguardados da mostra

'Meu amigo Totoro', que completou 30 anos, é um dos filmes mais aguardados da mostra - Crédito: Divulgação

Outro destaque é o longa-metragem "Les Hirondelles de Kaboul" (As andorinhas de Kabul), de Zabou Breitman e Eléa Gobbé-Méllevec, que será exibido na tradicional sessão de abertura no cine São Luiz. O filme é uma animação poética feita em técnica de aquarela, e participou da mostra Un Certain Regard do festival de Cannes, na França. "Vai ser a primeira exibição desse filme no Brasil", conta. 

Um terceiro momento importante será a mostra especial sobre Bruno Collet, que participa da mostra competitiva com o curta "Memorable", um dos mais premiados do mundo em 2019. Collet vem ao Recife, graças ao apoio do Consulado da França, e vai conversar com o público, apresentando um panorama sobre sua carreira que tem mais de 20 anos e se encontra no auge.

Cavani destaca, ainda, a quantidade e qualidade dos filmes pernambucanos que têm participado do Animage, ao longo de sua existência. "Isso vem crescendo e creio que o Animage está muito relacionado a isso, porque tem contribuído para a formação de artistas, para a formação de público e para a promoção de intercâmbios", avalia o curador.

Clique aqui para saber mais sobre a programação do evento. 

Veja também

Clarice Lispector é tema de encontro virtual nesta quinta-feira
Literatura

Clarice Lispector é tema de encontro virtual nesta quinta-feira

Millie Bobby Brown é irmã de Sherlock Holmes num filme com tons feministas
Streaming

Millie Bobby Brown é irmã de Sherlock Holmes em filme