Festival Animage realiza décima edição no Recife

Evento de cinema de animação terá diversos destaques, indo de 11 a 20 de outubro

Animage vai ocupar o Cinema São Luiz, além da Caixa Cultural e do Cinema da Fundação, no DerbyAnimage vai ocupar o Cinema São Luiz, além da Caixa Cultural e do Cinema da Fundação, no Derby - Foto: Victor Jucá/Divulgação

O festival de cinema de animação Animage está completando dez anos e vai trazer para o Recife, de 11 a 20 de outubro, o melhor da produção local, nacional e internacional dentro do tema. O evento abre na Caixa Cultural, com sessões gratuitas e abertas a todo tipo de público.

A ideia, segundo o curador responsável pela programação do Animage, Julio Cavani, é concentrar a programação voltada para o público infantil neste primeiro fim de semana, que coincide com o Dia das Crianças. Assim, vão acontecer uma retrospectiva infantil (com os filmes premiados ao longo dos dez anos do Animage), a mostra competitiva infantil de 2019, a mostra especial da série Bia Desenha e a mostra africana, com filmes que transmitem várias particularidades culturais do continente. A partir da terça-feira (15), o evento ocupa também as salas do Cinema São Luiz, no centro, e do Cinema da Fundação, no Derby, com entradas a preço simbólico de R$ 5.

Leia também:
'Bia Desenha', animação pernambucana, chega à TV
Projeto de animação da UFPE será apresentado no Itaú Cultural em SP
Animage divulga curtas selecionados para mostra competitiva

O festival traz oportunidades inéditas para o Recife, como a primeira exibição numa sala de cinema do clássico "Meu Amigo Totoro" (1988), de Hayao Miyazaki, também diretor de "A viagem de Chihiro" (2001). Produzido pelo famoso estúdio Ghibli, o filme completou 30 anos em 2018 e tem milhares de fãs, motivo pelo qual se imagina que as duas sessões programadas para o cine São Luiz, nos dias 19 e 20, terão o maior público do evento. "Fizemos questão de passar uma cópia dublada, pensando no público infantil", aponta Cavani. "Vai ser um momento muito especial".

'Meu amigo Totoro', que completou 30 anos, é um dos filmes mais aguardados da mostra

'Meu amigo Totoro', que completou 30 anos, é um dos filmes mais aguardados da mostra - Crédito: Divulgação

Outro destaque é o longa-metragem "Les Hirondelles de Kaboul" (As andorinhas de Kabul), de Zabou Breitman e Eléa Gobbé-Méllevec, que será exibido na tradicional sessão de abertura no cine São Luiz. O filme é uma animação poética feita em técnica de aquarela, e participou da mostra Un Certain Regard do festival de Cannes, na França. "Vai ser a primeira exibição desse filme no Brasil", conta. 

Um terceiro momento importante será a mostra especial sobre Bruno Collet, que participa da mostra competitiva com o curta "Memorable", um dos mais premiados do mundo em 2019. Collet vem ao Recife, graças ao apoio do Consulado da França, e vai conversar com o público, apresentando um panorama sobre sua carreira que tem mais de 20 anos e se encontra no auge.

Cavani destaca, ainda, a quantidade e qualidade dos filmes pernambucanos que têm participado do Animage, ao longo de sua existência. "Isso vem crescendo e creio que o Animage está muito relacionado a isso, porque tem contribuído para a formação de artistas, para a formação de público e para a promoção de intercâmbios", avalia o curador.

Clique aqui para saber mais sobre a programação do evento. 

Veja também

Site traz mapeamento de artesãs têxteis em Pernambuco
Artesanato

Site traz mapeamento de artesãs têxteis em Pernambuco

Importadora lança seu próprio clube de vinhos
Vinhos

Importadora lança seu próprio clube de vinhos